Por Talita Ramos
Fotos Arquivo pessoal,
banco de imagens e divulgação.

Há alguns anos, escova era um dos serviços de maior sucesso nos salões de beleza. Quando surgiu a progressiva, então, foi um estouro. Muita gente com o cabelo naturalmente enrolado passou a alisá-lo, deixando os cachos de lado. Mas hoje, como o conceito de beleza livre tem feito cada vez mais sucesso, ter cabelo liso não é regra. Com isso, as pessoas têm abandonado os alisamentos para reassumir a forma natural de seus cachos. Contudo, depois de tanto tempo usando químicas, secador e chapinha para deixar os fios retos, reassumir o antigo formato não é tarefa fácil. “Para reativar o formato do cabelo é preciso desintoxicá-lo das químicas, tratar muito e não usar escovas nem pentes, só as mãos”, explica o personal beauty Pietro Trindade.

A jornalista Amanda Cruz enfrentou uma verdadeira saga para reativar seus cachos. “Desde muito nova, eu não gostava da aparência do meu cabelo. Achava muito volumoso, sem definição e sentia que não combinava comigo. Cabelo bonito para mim tinha que ser liso. Comecei a alisar com uns 13 anos de idade, primeiro usando a chapinha e depois os alisamentos. Fiz diversos tipos de escovas progressivas e definitivas, mas com 22 anos comecei a acompanhar algumas youtubers, como a Rayza Nicácio e a Juliana Louise, que têm cabelos cacheados lindos. Isso me fez ver o meu cabelo natural de outra maneira. Na época, eu também estava muito insatisfeita com a aparência do meu fio: tantos procedimentos químicos acumulados e a definitiva – o último alisamento que fiz – deixaram o meu cabelo sem brilho, quebradiço. E, por fim, também estava cansada de gastar tanto dinheiro alisando o cabelo. Então, resolvi dar uma chance para os meus cachos”, afirma Amanda.

enrolados

 

Dificuldades

Reassumir os cachos é muito mais do que uma mudança de estilo. É mudança de rotina. “As mulheres precisam entender que elas não vão lavar o cabelo, sair do banho e ficar com ele maravilhoso. É preciso lavá-lo do jeito certo, desembaraçar com a mão do jeito certo, amassar corretamente. Não é um super trabalho, mas é indispensável para o resultado final. É uma mudança total de rotina”, afirma Pietro. “A grande dificuldade é esperar o tempo do crescimento para cortar as pontas alisadas. A raiz fica cacheada, com volume e as pontas esticadas. É muito difícil, você se sente mal, pensei várias vezes em desistir e alisar novamente. Na época, até comprei um babyliss para enrolar as pontas e deixar as duas texturas mais parecidas. Foram cerca de dois anos até eu conseguir cortar o meu cabelo na altura do queixo e ficar livre da química. Depois, o desafio foi aprender a cuidar do cabelo cacheado, testar produtos, testar finalizações diferentes”, conta a jornalista.

 

O que fazer

O primeiro passo para voltar aos cachos é desintoxicar os fios, de todos os processos químicos pelos quais o cabelo passou. Para isso, Pietro oferece a desprogressivação, processo que consiste na retirada do excesso de agentes químicos, por meio de um tratamento que devolve a ondulação e cachos ao cabelo. “Ele funciona em qualquer tipo de cabelo que tenha passado por processos químicos como progressivas ou alisamentos à base de guarnidina ou amônia”, explica o profissional.

enrolados2Também é preciso ter paciência e amor pelos fios. “Aprenda a amar os seus cachos e esqueça os alisamentos. Não desista na primeira dificuldade. Vai ter uma fase difícil até ele crescer; depois você terá que aprender a lidar com o volume dele, com o frizz, tudo isso faz parte do cabelo cacheado, mas demora um tempo para você entender e aceitar isso de verdade, até começar a ver a real beleza que existe no natural. Mas dê uma chance para o seu cabelo. Vale muito a pena e ver os fios crescendo saudáveis e brilhantes ao natural não tem preço. Foi a melhor coisa que fiz por mim. Amo meus cachos, eles já viraram minha característica”, afirma Amanda.

Uma vez reativados, alguns cuidados garantem a manutenção dos cachos. “Para manter é só tratar e se divertir. É muito importante que a mulher nunca deixe de lado os produtos específicos para cabelos cacheados, desde o xampu até o finalizador. Para isso, eu indico a linha Bicho da Seda, da Di Cristall Cosméticos. Vale lembrar que é proibido secar cabelos crespos ou cacheados com toalha, pois o algodão fere a fibra. O certo é usar papel toalha”, indica Pietro. Para quem preferir, há diversas outras opções de produtos como os da linha Elsève Hydra Max Colágeno, os da Ecologie Fios Ultra-Hidratante Óleo de Oliva e Manteiga de Illipê ou toda a linha de produtos da Deva Curl, que são queridinhos de quem escolheu reassumir o cabelo encaracolado.

 

Onde encontrar:

» Di Cristall
Tel.: 2279-9715.
» L’Oréal Paris
Tel.: 0800 701 6992.
» Ecologie
Tel.: 0800-773-8558.
» Deva Curl
Tel.: 2589-9921.

 

Quer ler outras matérias desta edição da Revista Weekend? Acesse!