Aberto concurso para inspetores fiscais na Prefeitura de Guarulhos

A Prefeitura de Guarulhos publicou no Diário Oficial da terça-feira (12), o edital nº 02/2019-SGE01, referente ao concurso público que oferece 50 vagas para o cargo de inspetor fiscal, na Secretaria Municipal da Fazenda. As inscrições serão feitas exclusivamente pelo site www.vunesp.com.br, durante o período das 10h do dia 18 de fevereiro às 23h59 de 25 de março.

A carga de trabalho é de 40 horas semanais. O salário inicial será de 6.042,67, podendo chegar a R$ 15.853,91 com adicionais. O aprovado também será beneficiado por ajuda de custo, auxílio-alimentação atualizado, e Gratificação pelo Incremento de Arrecadação – GIA (variável).

Para se candidatar é preciso ter nível superior em qualquer área de formação; ser brasileiro nato ou naturalizado, ou estrangeiro com visto permanente; estar em dia com a Justiça Eleitoral e Serviço Militar e não registrar antecedentes criminais e outros impeditivos do exercício do cargo público. A taxa de inscrição é de R$ 98,86; porém, pessoas desempregadas são amparadas pela Lei Municipal nº 6.289/2007 e podem solicitar a gratuidade por meio do site da Vunesp.

A prova irá cobrar conhecimentos de língua portuguesa, raciocínio Lógico, informática, direito empresarial, contabilidade, direito administrativo, legislação de tributos municipais, auditoria, e direito penal, civil, administrativo, tributário e constitucional. Para ser aprovado é preciso acertar 60% do total de questões.

Segundo o prefeito Guti, a concretização deste concurso após 20 anos de lutas da categoria pela reestruturação do cargo é um grande passo para tornar a fiscalização tributária mais eficiente. “A cidade ganha muito, pois além de gerarmos mais empregos, o inspetor fiscal garante um retorno mais justo e igualitário da tributação municipal, lutando contra a corrupção e fortalecendo a base de legalidade e responsabilidade que priorizamos”, comentou.

O que faz o Inspetor Fiscal?

Os inspetores fiscais do município são responsáveis pela administração, organização e fiscalização dos tributos e arredação da cidade, combatendo as irregularidades e crimes fiscais, além de planejar as metas para a área. Praticando a legislação, o profissional também participa dos processos de controle aduaneiro.

Na foto de Nicolas Ornelas, estão, da esquerda para direita: Peterson Ruan (secretário de Governo), prefeito Guti e José Marcos (inspetor fiscal).