Adê Rocha, dedicação à Educação e ao ideal de servir

A professora Adenildes Rocha, a Adê Rocha, como é mais conhecida, leciona há 24 anos as disciplinas Língua Portuguesa, Inglês e Técnicas de Redação, nos ensinos Fundamental, Médio e EJA (Educação de Jovens e Adultos), nas redes estadual e particular. Durante seis anos, exerceu como coordenadora pedagógica e vice-diretora. Foi assistente técnico-pedagógico na Diretoria de Ensino Guarulhos-Norte. Na Secretaria do Trabalho da Prefeitura, atuou no acompanhamento pedagógico de cursos profissionalizantes.

Conta com alegria que teve oportunidade de idealizar projetos com os alunos, como Práticas de Leitura, Criando e Recontando Contos, Profissionalização no Ensino Médio e Aprendendo Língua Portuguesa através da Arte. Faz palestras em escolas e empresas dos temas: Motivação e Autoestima, Currículo e Entrevista de Emprego, Marketing Pessoal, Dinâmicas de Grupo, Dez Sensos, Resiliência e Sustentabilidade.

Em 2008, foi candidata a vice-prefeita, na chapa de Jovino Cândido. Em 2012, disputou uma vaga na Câmara Municipal.

Em 2013, foi a primeira mulher a integrar-se ao grupo que fundou o Rotary Club de Guarulhos – Leste, do qual é agora presidente. No Rotary, vem tendo a chance de pôr em prática muito do que gostaria de realizar como educadora.

Relaciona, com orgulho, os muitos treinamentos e projetos dos quais participou desde que ingressou no Rotary: Projeto Ryla (Rotary Youth Leadership Awards – Prêmio de Liderança Juvenil), Super Ryla, Rylex e Camp (Centro de Assistência e Motivação de Pessoas), curso de formação básica socioeducativa para o mercado de trabalho.

Foi diretora da Comissão de Protocolo e da Comissão de Novas Gerações e secretária do Rotary Guarulhos–Leste, até ser escolhida para presidir o clube.

Adê Rocha destaca avanços que as mulheres vêm tendo no âmbito do Rotary: é cada vez maior o número delas, representando diversas classificações (profissões) e ocupando funções de destaque. Cita a governadora atual do Distrito 4430 do Rotary, Dóris Pittigliani Pestana, como exemplo de que não há limites para quem se dedica e vai em busca dos objetivos.

Enumera as atividades desenvolvidas pelas esposas dos membros do Rotary Club; elas integram as Casas da Amizade, que têm na filantropia e benemerência a ação principal; coordenam eventos para captação de recursos, organizam reuniões festivas, atividades comunitárias e culturais, bem como visitas a entidades assistenciais e prestação de trabalhos voluntários.

Diz que se sente realizada tanto na profissão quanto na atividade rotária e que espera contribuir para o ingresso de mais pessoas no clube que preside, principalmente mais mulheres, e ter a oportunidade de aprender cada vez mais. “No Rotary, se aprende todos os dias”, assevera. Na comemoração do 5o. aniversário do seu clube, houve a posse de dois novos companheiros.