Adutora Cecap/Lavras da Sabesp vai levar água para 87 mil pessoas

O Parque Cecap tem 4.680 apartamento, onde vivem cerda de 20 mil pessoas - Foto: Silas Henrique/SH Drones

Como parte das ações da Sabesp para acabar com o rodízio em Guarulhos, a Companhia informa que está implantando uma adutora que levará água do reservatório Gopoúva para os bairros Lavras e São João. Depois de finalizada vai beneficiar 87 mil pessoas. Serão transportados, por uma extensão de 4,5 quilômetros, a quantidade de 250 litros de água por segundo. 

Segundo a Companhia, o foco dos trabalhos da Sabesp está na maior oferta de água, no aumento das estruturas de armazenamento, na renovação e na ampliação da capacidade de transporte e ampliação da produção de água tratada. 

A Sabesp aponta que os reflexos são notáveis, sobretudo, na melhoria dos índices de saúde e qualidade da água. A expansão da infraestrutura no abastecimento em água é parte de um trabalho que considera a gestão organizada e sustentável dos recursos hídricos. O planejamento de longo prazo da Sabesp busca ajustar a infraestrutura disponível às mudanças decorrentes do crescimento populacional, do regime de chuvas, vazões, disponibilidade dos mananciais, comportamento de consumo, dentre outros. 

A obra Cecap/Lavras foi iniciada em janeiro e a previsão é que seja concluída até julho. A meta da Sabesp é acabar com o rodízio de água no município guarulhense até o dia 8 de dezembro, aniversário da cidade.