Agora é lei: autistas devem ter atendimento prioritário

Foi sancionada no dia 11 de janeiro a lei que garante atendimento prioritário às pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA). Além da preferência no atendimento, fica também estabelecida a inclusão nas placas de prioridade o Símbolo Mundial de Conscientização do TEA.

A lei, de autoria da vereadora Carol Ribeiro (MDB) e sancionada pelo prefeito Guti, busca um atendimento especial para os que sofrem com o transtorno. Os estabelecimentos têm 90 dias, a partir da data da sanção (11/01/19) para se adequar.

Alexandra Oniki, presidente do CIAAG (Centro de Inclusão e Apoio ao Autista de Guarulhos)

Segundo Alexandra Oniki, presidente do CIAAG (Centro de Inclusão e Apoio ao Autista de Guarulhos)  “a lei é muito importante, porém falta a regulamentação, que irá definir quem irá fiscalizar e de que forma isso será feito. Enquanto isso, conto com o apoio da população para que a fiscalização aconteça”, disse.