Nesta terça-feira, o Brasil foi marcada com o recorde histórico da alta do dólar. A moeda norte-americana atingiu os R$ 4.

Com isso, quem exporta comemora a alta. Mas os produtos importados tendem a sofrer com a inflação e o poder de compra do consumidor, no geral, acaba sendo reduzido.

Empresas nacionais também ganham com a alta do dólar, pois conseguem concorrer com preço competitivo frente os produtos estrangeiros. Por outro lado, industrias que precisam de material importado –mesmo nacionais –, empresas que têm dívidas em dólar, sofrem e muito com a alta do dólar.