Com forte presença dos servidores municipais, a sessão desta quinta-feira, 1, foi encerrada pelo presidente da Câmara, Professor Jesus (PDT), por falta de condições de prosseguir devido ao barulho que os presentes faziam.

O funcionalismo reuniu-se em frente ao prédio da Câmara como forma de manifestação pedindo o arquivamento do RJU, o trajeto deverá ser pelas principais avenidas da região. Nesta quarta-feira, 30, o Stap protocolou notificação de greve que irá iniciar na segunda-feira, 5.

Confira pequeno vídeo gravado pelo jornalista Pedro Notaro:

 

https://www.facebook.com/video.php?v=1079295922095483