Início ARTIGOS JOSÉ AUGUSTO PINHEIRO

JOSÉ AUGUSTO PINHEIRO

Ao infinito… e além!

José Augusto Pinheiro é jornalista guarulhense (*)

Rezam as cartilhas mais elementares de etiqueta e de boa convivência que as pessoas se apresentem no primeiro contato. Pois bem. Muito prazer, meu nome é José Augusto – mas pode me chamar de Zé -, nasci há 52 anos em vila Galvão, no modesto lar da família Raposo Pinheiro; fruto do amor de Paulo e de Anna, neto de José e Adelaide (paternos) e de João e Brasília.

Eu sou casado há 16 anos com dona Rosana, minha sócia majoritária no maior empreendimento da minha existência atual: edificar a vida de Matheus Francisco, nosso filho de 12 anos. Se eu acreditava ter enfrentado desafios até a chegada do menino, eu estava inocente e não sabia de quase nada. Ou melhor, a ignorância era ampla, geral e irrestrita.

Para manter a postura de homem honrado e digno do título de ‘cidadão’ – o que me dá o direito de agregar os codinomes de ‘contribuinte’ e ‘de eleitor’ –, eu trabalho. Quer dizer, eu creio ser um trabalhador como qualquer outro. Mas existe uma diferença… eu faço o que sempre sonhei desde tenra idade, quando o único lazer da família era ouvir rádio. Assim, eu faço as pessoas sorrirem.

Não, eu não sou palhaço. Seria interessante e até promissor, caso eu tivesse ambições políticas. Eu, na verdade, sou jornalista, radialista, escritor, celebrante de casamento e mestre de cerimônias. Ah! Eu também sou animador de eventos corporativos – quando requisitado. A chave, contudo, não está no que faço; mas, em como eu faço: sorrindo…

“Faça aos outros aquilo que gostaria que lhe fizessem”, ensinou-nos Jesus, o Cristo. Eu sou bem espertinho, como também o são todos os demais seres viventes no planeta, pois gosto de ser recebido com um lindo e franco sorriso quando chego a algum lugar. Se o rosto brilhante for acompanhado de um sincero “Bom dia”, então, nossa! Aí, eu me derreto todo. Por isso, eu aplico a regra de ouro e planto infindáveis sementes de alegria, respeito e gratidão por onde quer que eu passe. É singelo, mas é de coração.

Eu convido você a essa prática cotidiana. “Sorria para a vida, que a vida é alegria; é tempo de sorrir, sorria”, sempre pregou o filósofo contemporâneo, Silvio Santos. Você pode não se tornar dono de uma rede de TV, mas perceberá que o seu fardo não é mais pesado do que o do vizinho. E por que seria? Sorria. O seu sucesso como filho de Deus será infinito. E você irá além!

(*) José Augusto Pinheiro nasceu em vila Galvão, Guarulhos (SP), no ano 1963 d.C. Após trajetória profissional de 38 anos, ele pôde agregar ao seu nome os seguintes adjetivos: jornalista, locutor, radialista, mestre de cerimônias, celebrante de casamento e escritor. É membro da Academia Guarulhense de Letras desde 2003, após lançamento de seu livro de crônicas positivistas “Novo Amanhecer”; em 2013, escreveu a história do Jubileu de Ouro da Associação Comercial e Empresarial – ACE Guarulhos. Âncora do radiojornal RBN Notícias, da Rede Boa Nova de rádio (1450 AM) desde 2007, José Augusto apresenta eventos sociais e corporativos há 31 anos. Vive hoje exclusivamente dos frutos colhidos na área de comunicação. E é muito feliz, especialmente, por entender que somente a conquista de Valores Eternos compensa todo o esforço despendido na presente jornada terrestre. Ele acredita, portanto, que a família está sempre em primeiro lugar na difícil missão diária de definir prioridades. Gratidão!

ARTIGOS JOSÉ AUGUSTO PINHEIRO

Trabalhar é servir

José Augusto Pinheiro é jornalista e trabalhador guarulhense. Gíria é uma figura de linguagem que obedece a modismos. É algo reprovável porque empobrece a nossa...

A arte de emitir boas palavras

José Augusto Pinheiro é jornalista guarulhense Conta-se inspiradora história em que alunos do ensino fundamental receberam trabalho escolar muito interessante: cada um recebeu vaso com...

Defina o seu destino!

Nas microférias de dezembro eu estive em Serra Negra (SP) passando alguns dias ao lado de minha amada mãe, Anna. Foram intensos os momentos...

O melhor presente de Natal!

José Augusto Pinheiro é jornalista guarulhense.   Houve um tempo em que as pessoas tinham um hobby: juntavam-se selos, moedas, figurinhas, troféus; enfim, tudo que pudesse...

A solidariedade extingue o ego – Augusto Pinheiro

José Augusto Pinheiro é jornalista guarulhense. Eu acredito que não exista diferença entre o céu e o inferno. Ao menos é o que prega a...

A melhor Guarulhos do mundo – Augusto Pinheiro

Uma cidade não é o conjunto de suas obras arquitetônicas, tampouco o volume de recursos que chegam via Fundo de Participação dos Municípios. Uma...