Banheiro feminino no Bosque Maia está interditado há mais de 15 dias

Secretaria do Meio Ambiente não respondeu questionamentos sobre o problema - Foto: Alexandre de Paulo/Click Guarulhos

Usuárias do Bosque Maia se queixam que há mais de 15 dias o banheiro feminino próximo à tenda verde, na altura do número 1.700 da avenida Paulo Faccini, está “em manutenção”, porém não há sinais de funcionários trabalhando no local para sanar o problema e liberar o banheiro para o uso das visitantes. A Secretaria de Meio Ambiente (SEMA) não respondeu quando o banheiro será consertado e liberado, se limitando a informar que “as reformas dos sanitários feminino e masculino do Bosque Maia já foram solicitadas e serão iniciadas em breve”.

Na sexta-feira, 9, pela manhã, o Click Guarulhos encaminhou e-mail à Secretaria do Meio Ambiente, por intermédio da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Guarulhos, detalhando o problema e questionando o porque da demora na execução do serviço de manutenção e liberação do banheiro, porém até a manhã desta segunda-feira, 12, não obtivemos resposta. Às 10h58 de hoje, a Assessoria de Imprensa da SEMA informou que enviou uma resposta na semana passada, porém houve algum erro (leia no fim desta postagem).

“Só desta vez já faz mais de 15 dias, porque na verdade há muito mais tempo este banheiro fica fechado; ele está constantemente interditado”, reclamou uma frequentadora, que se exercita pelo menos três vezes por semana na pista de corrida ao lado do banheiro.

Usuárias praticam corrida ao lado do banheiro interditado para manutenção – Foto: Alexandre de Paulo/Click Guarulhos

Resposta
“Em atenção à demanda, a Secretaria de Meio Ambiente informa que as reformas dos sanitários feminino e masculino do Bosque Maia já foram solicitadas e serão iniciada em breve.”