Foto de Vera Jursys

A Câmara Municipal de Guarulhos não autorizou o uso do plenário da Casa nesta segunda-feira, 14, para audiência pública que trataria dos impactos sociais e ambientais da ampliação do sanitário pertencente à empresa CDR Pedreira. O pedido foi feito pelo vereador presidente da Comissão Técnica de Meio Ambiente do Legislativo.

A alegação para a negativa é a de falta de tempo para convocação dos serviços de taquigrafia, divulgação e cobertura jornalística.