Canil da GCM treina filhote de pastor belga para resgate de vítimas de acidentes

Hachi, de quatro meses, vem recebendo treinamento nos últimos sessenta dias - Foto: Fábio N. Teixeira

A Inspetoria de Patrulhamento com Cães (Canil) da Guarda Civil Municipal (GCM) recebeu há cerca de dois meses o filhote de pastor belga Malinois, Hachi, que tem quatro meses de idade e é cria do pastor Haythan com uma cadela que pertence à polícia de Jundiaí. 

Hachi vem recebendo treinamento nos últimos sessenta dias e, diferente de outros cães, ele está sendo treinado para busca de vítimas de acidentes e até cadáveres, localização de pessoas perdidas e que não sobreviveram a algum tipo de desastre, um soterramento, por exemplo, e até homicídios.  

Os cães têm o faro apurado e por isso podem encontrar pessoas em locais que os humanos demorariam dias. Com um cão treinado, a varredura é feita de forma muito mais rápida, localizando a vítima ou descartando o local de busca.

O Canil da GCM trabalha no patrulhamento diário, no controle de distúrbios civis, na busca por pessoas desaparecidas, em desapropriações, na busca por drogas, no controle de grandes aglomerações (estádios, parques e eventos), entre outros serviços de segurança. O local conta atualmente com 19 cães para treinamento.

O Canil conta com cães das raças pastor belga Groenendael e Malinois, rottweiler, labrador, dobermann, border collie, pastor alemão e pastor alemão preto, com idades que variam de quatro meses até pouco mais de sete anos. Cada cão tem uma característica diferente: alguns são treinados para desenvolvimento do faro para encontrar pessoas desaparecidas ou busca por drogas e até explosivos; outros para trabalhos de guarda e proteção. Todos os cães passam por adaptação para lidar com barulho de fogos eaglomeração de pessoas.

Serviço

Para utilização de cães na busca de pessoas desaparecidas, os interessados devem acionar a GCM por meio dos telefones 153 e 2475-9444.

*Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Guarulhos