Caxumba: Saiba o que é e como se prevenir

Atletas, comissão técnica e demais membros da delegação brasileira de futebol masculino foram vacinados contra as doenças sarampo, caxumba e rubéola. A medida foi adotada como prevenção, depois que o jogador Richarlison teve de ser afastado com diagnóstico de caxumba.

A caxumba é uma infecção contagiosa que, normalmente, atinge as glândulas que produzem a saliva ou as próximas ao ouvido. O diretor do Departamento de Imunizações e Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Júlio Croda, explica quais os sintomas dessa doença: “Associado a esse inchaço das glândulas salivares, que pode ocorrer em um lado só ou nos dois lados, a pessoa pode ter febre, dor de garganta, cansaço, falta de apetite e dor ao mastigar e engolir, por conta do inchaço da glândula salivar”.

A doença é altamente contagiosa e a única forma de evitar é se protegendo com as vacinas Tríplice Viral e Tetra Viral, que são aplicadas gratuitamente no Sistema Único de Saúde. Por isso, a importância de ficar atento ao calendário de vacinação, como afirma Júlio Croda. 

“É importante que todas as pessoas entendam e valorizem a ação de vacinação, principalmente nas crianças, onde a maioria do calendário nosso vacinal é adotado. Nesse caso, a gente tem a vacinação de sarampo, caxumba e rubéola dos 12 meses aos 15 meses”.

A transmissão da caxumba ocorre por meio do contato com secreções das vias respiratórias, de uma pessoa contaminada, ao falar, tossir ou espirrar. Não existe um tratamento específico, por isso é recomendado apenas repouso, uso de medicamentos para aliviar a febre e dor local e observação cuidadosa de aparecimento de complicações.

fonte: Janary Bastos Damacena/Agência do Rádio Brasileiro