Centro POP fortalece o atendimento às pessoas em situação de rua

Oficialmente inaugurado em dezembro passado, o Centro POP – Centro de Referência Especializado para Pessoas em Situação de Rua, na Vila Progresso, atende diariamente entre 70 a 80 pessoas procuram pelo serviço da Prefeitura. No local, os assistidos podem lavar sua roupa, tomar banho, recebem lanche (dois sanduíches de carne, suco de frutas e fruta), passam por atendimento técnico de psicólogo e assistente social, os quais encaminham para ofertas de emprego, inscrição em programas de transferência de renda como o Bolsa Família, serviços de saúde, auxiliam na obtenção de documentos e realizam o recâmbio (oferecem passagem para a cidade de origem).

A guarulhense Aparecida da Conceição Galvão, 47 anos, é uma das assistidas pelo Centro POP. “Venho todo dia aqui. Lavo roupa, tomo café e tomo banho. Não dá pra ficar sem, né? Estou na rua, mas minha cabeça está em paz”, disse Aparecida. Ela contou que vivia com o filho de 21 anos em um comunidade. “A gente não combina muito e dentro de casa não tinha sossego”, revelou a mulher que mora na rua com o namorado e diz ter deixado as drogas há alguns meses.

Para almoçar, Aparecida utiliza o Restaurante Popular que oferece refeição por R$ 1,00. Ela faz planos para o futuro. “Tenho vontade de fazer enfermagem e direito, porque gosto de ajudar e já trabalhei na limpeza do Hospital Geral de Guarulhos. A gente tem que trabalhar com amor e fazer o que gosta”, revelou a assistida que cursou todo o ensino médio. Ela acredita que sua situação atual é transitória. “Estou vendo para trabalhar na limpeza de um restaurante. Não quero morrer nessa situação”, finalizou.

O jovem Jonathan William do Rosário Araújo, 23 anos, estava absorvido com a leitura de um livro didático de química, no refeitório. “Gosto de ler sobre tudo. Leio para adquirir conhecimento”, afirmou o jovem frequentador do espaço. “Aqui é bom porque dá pra tomar banho e lavar minha roupa. Nos fins de semana, gosto de ir no ‘fluxo'(balada funk na rua)”, disse Jonathan, que terminou o ensino médio e iniciou curso técnico de informática. “Gosto da área de tecnologia. Pretendo comprar um celular e com ele ganhar dinheiro, fazendo alguma coisa na internet”, declarou o rapaz.

Para a secretária-adjunta de Desenvolvimento e Assistência Social, Claudia Papotto, o equipamento, além de suprir com as necessidades de alimentação e higiene, possibilita o convívio social e o desenvolvimento de relações de solidariedade e respeito. “Desde dezembro, este serviço vem oferecendo dignidade aos atendidos que têm oportunidade de tomar seu banho, lavar sua roupa e fazer o lanche. Passam também pelo atendimento de assistente social e de psicologia, que realizam os encaminhamentos. O ambiente é apropriado e realizado por servidores especializados”, afirmou a gestora.

O equipamento possui 220 metros quadrados, oito ambientes, como amplo e arejado refeitório; cozinha; banheiro feminino com duas vagas para banho; banheiro masculino com quatro vagas para banho; sala de atendimento técnico e sala administrativa. Além disso, possui tanque para lavagem de roupas e varais. Ao todo, 14 servidores entre técnicos, monitores, cozinheiras e encarregados administrativos trabalham no local, que foi construído com adequações tipificadas pelo Sistema Único da Assistência Social (SUAS) e recomendações do Ministério do Desenvolvimento Social.

Guarulhos possui dois Centros POP: na Vila Progresso, cujo serviço é executado diretamente pela Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social, e na Ponte Grande, de execução indireta pela organização da sociedade civil SOS São Geraldo, com a mesma capacidade de atendimento diária de 80 pessoas.

Serviço:

Centro POP – Vila Progresso

Local: rua Salvador Gorgone, 3, Vila Progresso

Funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.