Uma banda funciona como qualquer outra empresa. Precisa ter o seguimento de marketing, gestão, administração, em dia. Existem várias ideias e formas para gerar renda, mas coloquei aqui as principais e mais básicas. Em futuras matérias irei explorar melhor uma a uma.

  1. Shows

Talvez a fonte de renda mais importante e lucrativa para artistas e bandas. Os shows existem de várias formas: festivais, encontros, casas noturnas, bares, sessões privadas em estúdios com transmissão online, sessões em programas televisivos, shows em rádios, shows solos entre outros. Use a criatividade para fazer seu show chegar até o seu público. A internet está com tudo.

  1. Patrocínio/Apoio

O patrocínio talvez já seja para bandas mais consolidas e que já estão há mais tempo em estrada. Mas a maioria pensa que obter um endorsement, você precisaria ter um número de fãs que lote um estádio de futebol ou 1 milhão de seguidores no canal do youtube. É claro que tudo isso ajuda e a coisa fica bem mais fácil, mas o que temos que lembrar é que existem muitas marcas de instrumentos ou acessórios musicais nacionais ou importadas que estão começando e precisam ter os seus “garotos propagandas” para a marca se divulgar e essas estão acessíveis para acordos e até mesmo contratos. Faça uma pesquisa geral e entre em contato com um representante da marca.

Lembrando que o patrocínio e apoio têm filosofias diferentes. Patrocínio é alguém que entra diretamente com dinheiro para o seu projeto ou empresa e o apoio muitas vezes é apenas um auxilio com equipamentos ou estrutura que de repente a banda ou artista possa precisar em algum evento.

  1. Merchandising

Você pode estampar o logo da sua banda em qualquer produto e vender o mesmo. O mais comum são camisetas, óculos, bonés, etc. Mas deixe a sua imaginação fluir e pense em produtos que tem relação com a proposta da banda ou estilo para consolidar um diferencial.

(Darei alguns exemplos em futuras matérias)

As vendas desses produtos devem ser feitas em shows, então monte uma “barraquinha” física, vendas online no site oficial da banda, redes sociais ou até mesmo você pode entrar em contato com empresas terceirizadas que vendem esse tipo de acessórios para ver se há um interesse.

  1. Royalties/Direito Autoral

Esse é um seguimento que também vou aprofundar mais em futuras matérias, mas inicialmente os royalties são repasses que os artistas ganham por venda de CD, DVD e merchan. Lembrando que o direito autoral é o repasse por execução da obra (música), quando tocada em rádios, filmes, games, etc.

  1. Youtube

O que muita gente não sabe é que o youtube é um site que paga qualquer pessoa ou empresa para postar conteúdo online. Quanto mais visualização melhor, por isso crie um canal da sua banda e comece a pensar em postar um material interativo. Isso pode ir além de videoclips, poste webclips, Lyricvideo, vídeos de makingoff, acústicos, shows ao vivo, vídeos de Jam da banda, o cotidiano da banda, ou até mesmo vlogs. Deixe a imaginação fluir.

Escrito por Paulo Pollon (Músico, Empreendedor, Produtor e Proprietário do PSP ESTÚDIO).