Cirurgias eletivas, adiadas no HMU, devem ser postas em dia nesta semana

Familiares de uma senhora idosa, internada há dez dias no HMU, está com o pulso fraturado, aguardando cirurgia, que foi adiada duas vezes. A informação que a família recebeu é de que seria por falta de materiais e de carrinho de cirurgia. Outras pessoas, no mesmo quarto, vivem situação semelhante.

O Click Guarulhos questionou a Assessoria de Imprensa do Instituto Gerir, que enviou esta resposta:

“Os atuais carrinhos de anestesia têm 30 anos e a troca já está sendo providenciada ainda para esta semana, com a chegada de três equipamentos novos. Não existe falta de material e nem de profissionais, mas os pacientes das cirurgias eletivas (que não são de urgência) estão aguardando a chegada dos novos carrinhos de anestesia.”

A família da idosa foi informada de que a cirurgia será feita nesta terça-feira, dia 5.