Coluna do Carleto – 06.09.2019

PT dividido

Acontece neste domingo, 8, a eleição para os Diretórios do Partido dos Trabalhadores, em todos os níveis: municipal, estadual e federal. No sábado, dia 1, foi realizado no Stap o último debate entre as chapas concorrentes para o comando local. São cinco chapas, quatro das quais apoiam para a presidência a vereadora Genilda Bernardes. A outra apoia o ex-vereador Samuel Vasconcelos. Ele desdenha o fato de a oponente ter apoio de mais chapas, apontando que teria sido uma estratégia para passar a impressão de mais força.

Quem é quem

Se Genilda for eleita, o grupo do deputado federal Alencar Santana ganha força para ser o escolhido para disputar a Prefeitura em 2020. Se Samuel vencer, o ex-prefeito Elói Pietá aumenta suas chances de tentar de novo o comando da cidade.

Meus coleguinhas

Muitas atitudes do presidente Jair Bolsonaro podem ser interpretadas como birra dele com a Imprensa. Por muitas de suas falas, pode-se concluir que ele escolheu a mídia como bode expiatório. No entanto, Bolsonaro tem certa razão ao se queixar de que muitas notícias que seriam positivas para o governo são ignoradas pelos principais jornais do País.

Nosso povo

Por outro lado, vejo a reação de muitas pessoas que se apressam em culpar a mídia  – e particularmente a Rede Globo – por tudo de ruim que acontece no Brasil. Não é bem assim. Embora haja excessos, parcialidade na escolha dos temas, é inegável que os veículos de comunicação prestam inestimável serviço à população. Tanto é que quase sempre a população, ao não ver algum direito seu atendido, apela para a Imprensa.

Coisa feia

Muito baixo nível o comentário de Bolsonaro a respeito da esposa do presidente francês, Emmanuel Macron. Não compete ao mandatário de um país imiscuir-se na vida pessoal de ninguém. Menos ainda fazer uma referência machista e deselegante como a que ele fez. Em uma cerimônia, o ministro Paulo Guedes, tentando justificar a atitude do chefe, reforçou a desastrosa fala. Gafes como essas danificam a imagem já corroída do Brasil na comunidade internacional.

Boa iniciativa

Neste feriado de 7 de Setembro, a partir das 8h, um grupo de voluntários do movimento Doe Sangue Guarulhos estará na tenda principal do Bosque Maia, buscando conscientizar os frequentadores da importância de doar sangue. A ação cidadã recebeu o nome de Brasil na Veia.

PRTB definido

O ex-candidato a governador pelo PRTB e pré-candidato a prefeito de Guarulhos, Rodrigo Tavares, foi entrevistado na manhã desta sexta-feira no programa Radar de Notícias. Mostrando-se bem articulado, comentou que embora dependa da convenção no ano que vem para ser oficialmente candidato, não há dúvidas em seu partido de que será ele o postulante e que ele conta com apoio das executivas estadual e federal. Citou alguns exemplos de outros partidos que estão indefinidos. O PSL está sob comando da ex-vereadora Adriana Afonso, mas sob fogo cruzado de vários lados. O PSDB tem a empresária Fran Corrêa como pré-candidata, com apoio do governador João Dória, mas a situação local do partido em relação a ela é uma incógnita. O prefeito Guti é candidato à reeleição, mas não se sabe se será pelo PSB. E o PT precisa decidir entre a mocidade de Alencar ou a experiência de Elói e, seja qual for a escolha, haverá dissidências. Mas, cabe perguntar: é certeza absoluta que Rodrigo Tavares não será candidato a vice?

Sobre o decreto dos aplicativos

Na quarta-feira, começaram a pipocar comentários sobre um decreto novo que o prefeito Guti assinado, que colocaria em dificuldades os motoristas que trabalham com aplicativos, como Uber e 99. Na verdade, o decreto 35617 é de 6 de março e determinava que os interessados se inscrevessem em 180 dias, prazo que expirou dia 2 de setembro. Ciente de que muitos não haviam se cadastrado ainda, no início da semana o prefeito prorrogou o prazo até esta sexta, 6.

Reação

Com o prazo terminando, motoristas de aplicativos buscaram ajuda da Câmara Municipal. Como resultado, 31 vereadores assinaram um pedido para que o prefeito prorrogasse o prazo, mais uma vez. Obtiveram a marcação de uma reunião com Guti e equipe, para quinta-feira, 12. Na manhã desta sexta, o prefeito prorrogou o prazo para sexta-feira, 13. Espera-se que na reunião da véspera haja consenso quanto a uma solução.

Por que só agora?

Ora, se o decreto foi publicado no início de março, por que os motoristas de aplicativos que não se cadastraram só agora reagiram? Por que os vereadores contrários ao decreto não se manifestaram antes? Os motoristas até podem alegar falta de informação, mas os legisladores não têm desculpa. Afinal, quais os pontos do decreto dos quais discordam?

O que diz o Decreto

É este o link para acessar os termos do Decreto 35617/19: https://www.guarulhos.sp.gov.br/06_prefeitura/leis/decretos_2019/35617decr.pdf