Coluna do Carleto – 09.08.2019

Por que parou? Parou por quê?

Peterson Ruan não resistiu à torcida contrária e pediu o boné da Secretaria de Governo do prefeito Guti. Depois de comandar a Secretaria da Fazenda por dois anos, assumira a função mais política e menos técnica no início de 2019. A alegação oficial é de que irá tratar de assuntos pessoais. A fala de Guti dá a entender que o ex-auxiliar teria obtido algo melhor na iniciativa privada. Mas, pelo que se sabe dos bastidores, ele vinha sofrendo um processo de fritura, como anunciou o jornalista Pedro Notaro em suas Reticências.

Continua na torcida de Guti?

A exemplo do que prometeu o também demissionário Rodrigo Barros, Peterson afirma que espera poder continuar contribuindo com Guti, mesmo fora do governo. O tempo dirá se é isso mesmo. Quanto a Rodrigo, há quem afirme que ele nem quer ouvir falar em fazer parte de governo nenhum daqui para a frente. Outros, entretanto, acham que ele saiu da equipe para ter mais liberdade para entrosamento com potenciais apoiadores financeiros para a campanha de reeleição de Guti, em 2020.

Por falar em 2020…

Se eu fosse um mosquitinho, talvez descobrisse se a saída de Peterson Ruan ainda seria rescaldo da presença dele na festa de aniversário da empresária Fran Assis Corrêa e da tentativa que imaginou possível de aproximá-la de Guti. Ou, como revelou o colega Rodrigo Sousa, a gota d’água teria sido contato que Peterson teve em recente viagem aos Estados Unidos.

Vou correr risco, mas vou falar

Algumas pessoas com quem tenho conversado e que gostam da Fran acham que ela deveria deixar de lado essa vaidade de querer ser prefeita, fazer acordo com Guti e ficar quieta em seu canto. Argumento: rica, bem-sucedida nos negócios, patrimônio rendendo mensalmente centenas de vezes o que pode vir a ganhar se vier a ganhar a Prefeitura; casada com deputado federal, filhas para criar… Submeter-se à disputa eleitoral pra quê? Sei que muitos que estão ávidos para oferecer apoio a ela em troca de algum benefício não vão gostar de eu transmitir aqui o que ouvi, pois a candidatura dela interessa a muita gente. Mas, como dizia aquele comercial da Eletropaulo, “se a gente que é pombo não fala…”

Só cara e o jeito de andar

A ex-vereadora Adriana Afonso conseguiu conquistar a direção local do PSL (Partido Social Liberal), o mesmo do presidente Bolsonaro. Teoricamente, isso lhe daria garantia de poder candidatar-se à Prefeitura, como já fizera em 2008, pelo PMDB. Porém, já começou o bombardeio. O deputado Coronel Telhada (PP), por exemplo, disparou da tribuna da Assembleia Legislativa um alerta aos aliados de Bolsonaro de que o partido estaria sendo entregue a uma petista. Errou. Na verdade, Adriana passeou por vários partidos (PV, PMDB, PMN e PR), mas nunca foi filiada ao PT, embora tenha apoiado a reeleição de Almeida em 2012. Ela e o marido, Mário Rifai, foram aliados de Jovino, depois da gestão petista e detêm, no atual governo, nada menos do que o secretário da Fazenda. Ter o apoio para disputar a Prefeitura, tendo esse passado, será difícil, mas, talvez consiga ser vice, de Guti, por exemplo. Como se diz, de boba essa família não tem nada.

Artigos de quinta

O jornalista Roberto Samuel tem conseguido uma proeza, ao colocar pessoas dos mais diversos matizes para interpretar, em vídeos postados no Facebook, os textos que ele publica às quintas-feiras na Folha Metropolitana, na coluna “Artigo de quinta”. Eu mesmo já apresentei o “É mais barato morrer”. Semana passada, o ex-vereador Albertão, interpretou “Decifra-me ou te devoro” e nesta foi a vez do padre Antonio Carlos Frizzo mostrar sua verve teatral em “O bruxo do jaleco branco”. Aprecie sem moderação: tem também no Youtube.

Cecap na escuridão

Recebemos queixas de usuários da linha 13-Jade e do Hospital Geral, que tem faltado iluminação nas imediações da Rodoviária, causando medo nas pessoas que precisavam transitar entre a estação ou o hospital e o terminal urbano.

Resposta da Prefeitura
Por meio da Subsecretaria de Comunicação, o Departamento de Iluminação Pública (DIP) da Prefeitura informa que o cabeamento no trecho em referência é subterrâneo e sofre com furto e corte constantemente. O Departamento está planejando a alteração do sistema de alimentação para cabeamento aéreo, trabalho que deve ser iniciado ainda neste mês. Com isso, serão tomadas medidas corretivas para sanar o problema.

Demora no atendimento a servidores

Recebemos queixas de que estão faltando atendentes na Secretaria de Gestão e que, em decorrência, servidores que se aposentaram, foram exonerados ou pediram demissão têm esperado horas para serem atendidos.

Resposta da Prefeitura

Em atenção à demanda, a Secretaria de Gestão informa que tem ciência das queixas e que eventuais atrasos estão ocorrendo uma vez que a Pasta tem enfrentado demanda bem acima da média, em decorrência do pagamento de ex-servidores; recursos para revisão relativos à migração de servidores celetistas para o Regime Estatutário; pedidos de esclarecimentos em virtude da concessão dos novos benefícios (Adicional por Tempo de Serviço, Licença Prêmio e Salário Família); atualização das Carteiras Profissionais (CTPS); recadastramento do Vale Transporte e mudança na sistemática de concessão das férias. A expectativa é que a situação volte à normalidade no decorrer deste mês.