Coluna do Carleto – 12.07.2019

Semáforos inoperantes

Diversos semáforos estiveram desligados ou no amarelo piscante durante o feriado prolongado de 9 de Julho. Alguns desde sábado, 6 e outros desde domingo, causando confusão no trânsito de diversas vias públicas. Um dos problemas foi verificado no cruzamento da avenida Emílio Ribas com Anel Viário, no Gopoúva. Outro na avenida Brigadeiro Faria Lima, em frente à UBS Jovaia. Um terceiro, na avenida Octávio Braga de Mesquita, próximo ao n. 2000.

Sem escala de plantão

Ao que tudo indica, a STME não providenciou a devida escala de plantão de equipes para atender em caso de emergência. Indaguei, via e-mail, na quarta-feira, à Assessoria de Imprensa, se a Administração admite que houve falha de gestão e, se positivo, quais medidas saneadoras serão tomadas. Ou se a Administração entende normal que semáforos fiquem sem funcionar por até quatro dias consecutivos, podendo causar acidentes até fatais. Ninguém respondeu.

Pontos facultativos em excesso

No feriado de Corpus Christi, dia 20 de junho, quinta-feira, o Guti decretou ponto facultativo na sexta, 21. Agora, novamente, na segunda, 8 de julho. Não estará havendo excesso de liberalidade? Os servidores adoram, mas será que o prefeito avaliou os prejuízos que isso causa à população? As unidades do Fácil, por exemplo, não atenderam, enquanto as do Poupatempo – que é estadual – funcionaram. Se fosse uma empresa particular, ele agiria da mesma forma?

Espalhando história e opiniões

Participei nesta sexta-feira, ao vivo, do programa Espalha Fatos, apresentado por Hermano Henning e Sérgio Lessa, na TV Guarulhos. Falamos sobre a Imprensa da cidade, um pouco sobre minha carreira e os desafios que Guarulhos tem pela frente. Agradeço pelo honroso convite. O vídeo está disponível no Facebook TV Guarulhos.

Previdência

Pelo visto, a aprovação completa da Reforma da Previdência ficou para o segundo semestre. Prefiro manifestar-me quando tudo estiver bem esclarecido, pois os destaques a serem votados podem mudar substancialmente o texto básico que foi aprovado em primeiro turno. De qualquer forma, sempre haverá parte das pessoas prejudicada, mas me parece inevitável.

Fácil falar

Tenho visto e ouvido muita gente afirmando que a tal Reforma seria desnecessária. Que bastaria cobrar os grandes devedores da Previdência e acabar com as desonerações fiscais. Pois bem: muitos desses devedores já quebraram, baixaram as portas. Outros estão discutindo a dívida na Justiça e isso irá se arrastar por muitos anos. Na desoneração que cogitam combater, está incluído o sistema de tributação Simples Nacional, sem o qual a maioria das pequenas empresas já teriam sucumbido. Aliás, a tabela progressiva do Simples é cruel, pois penaliza as microempresas que conseguem crescer. Se era tão fácil, por que não fizeram enquanto estiveram no governo? Como deixaram a situação chegar a esse ponto?

Sem muita esperança

Boa parte do trevo de Bonsucesso está concluída e os congestionamentos, em ambos os sentidos, continuam por ali. Temo que não haverá solução completa nem quando todo o projeto estiver concluído, pois considero que o modelo é inadequado, já que a lentidão em um lado acaba interferindo no outro. Tomara que eu esteja errado. Como não sou engenheiro, isso é mero palpite. Se palpite valesse alguma coisa, seria vendido e não dado!

Ação rápida

O Click Guarulhos tem obtido rápida solução para alguns vazamentos e consertos de buracos que dependem da Sabesp. Para minha surpresa, recebi às 22h do feriado resposta da Comunicação da empresa sobre reparos feitos no mesmo dia, nas proximidades do Hospital Pimentas-Bonsucesso, em decorrência de uma postagem que havíamos feito. Quando é para criticar, a gente critica. Mas, é justo fazer este registro quando há atitudes que merecem elogios.