COLUNA DO CARLETO – 12/06

No domingo, 21, das 9 às 13h, será realizado o 6º Encontro de Carros Antigos, na avenida Paulo Faccini, em frente ao Bosque Maia. Além de comemorar o “Dia do Antigomobilista de Guarulhos”, o evento, que terá carros, jipes, caminhões e ônibus, prestará homenagem ao Ford Galaxie e ao Galaxie Clube Brasil, com apoio da Navesa, Mercedes-Benz, DPaschoal e Guarupas. Seu organizador, Marcos Amaral, pede aos expositores e ao público a doação de um agasalho, para o Fundo Social de Solidariedade.

DOMÉSTICOS – 1
A presidente Dilma sancionou a chamada Lei das Domésticas e sobram dúvidas sobre como proceder. Alguns itens têm vigência imediata. Empregados que trabalhem das 22h às 5h terão direito a adicional noturno. A questão é: mesmo dormindo nesse horário, podem alegar que estão à disposição. O empregador terá a obrigação de controle de ponto de seu empregado. Isso certamente irá gerar demissões e questões na Justiça do Trabalho. Também ficou proibida a contratação de menores de 18 anos. Argumenta-se que é para evitar assédio às meninas nas residências.

DOMÉSTICOS – 2
Em outubro, entram em vigor outras mudanças. O INSS do empregador passará a ser de 8% e o FGTS, que era opcional, será obrigatório. Para evitar problemas em caso de demissão, mensalmente terá de haver recolhimento de 3,2% como antecipação da multa do FGTS. Se a empregada pedir demissão, o patrão poderá pedir ressarcimento. Outro valor a pagar será o do seguro, de 0,8% sobre o salário. A categoria passará a ter direito ao seguro-desemprego de um salário mínimo, por três meses.

PEDIDO REJEITADO
Foi apresentada pelos vereadores Guti (PV), Geraldo Celestino (PSDB), Laércio Sandes (PMN) e Gilvan Passos (PSDB) proposta para instalar uma Comissão Especial de Estudos para averiguar o contrato de R$ 9 milhões da Prefeitura com o Consórcio Robotx, o qual visa implantar aparelhos destinados a afastar pombos das escolas municipais. Porém, como o secretário de Educação, Moacir de Souza, se propôs a prestar esclarecimentos ao Legislativo, a maioria dos vereadores rejeitou o pedido.

QUESTIONAMENTOS
Os autores do pedido rejeitado sabiam da dificuldade em aprová-lo. Usaram da palavra para questionar por que seus pares preferiram não analisar detalhadamente o contrato, que tanta polêmica vem causando.

PROJETO POLÊMICO
A vereadora Dona Maria (PT) apresentou Projeto de Lei, visando proibir a realização da Parada Gay no âmbito do município de Guarulhos. Postei sobre isso no Facebook e quase todos os comentários foram contrários à iniciativa dela. Os ânimos acirraram-se e tive até de excluir algumas opiniões que continham termos indevidos.

EXCESSOS COMETIDOS
Setores ligados às igrejas reagiram a atitudes consideradas desrespeitosas, durante a Parada Gay realizada em São Paulo no domingo. Algumas cenas postadas nas redes sociais, no entanto, eram da Marcha das Vadias de 2013, no Rio de Janeiro. Outras, que buscavam conscientizar sobre as perseguições aos homossexuais, causaram revolta e sentimento.

CAMINHO NÃO É ESSE
Não é usando de agressividade e deboche à crença da maioria das pessoas que os homossexuais conquistarão o respeito da sociedade. Também não é criando leis que tolham a liberdade de expressão que os excessos serão contidos. Os episódios de domingo talvez sirvam para que patrocinadores repensem se é positivo atrelar suas marcas a esse tipo de evento.

BOM EXEMPLO
A empresa Kemin Nutrição e Saúde Animal, de Indaiatuba, pôs em prática a sugestão de uma funcionária: está doando galões plásticos de 220 litros, com tampa, que eram descartados, para incentivar seus colaboradores a reservar água da máquina de lavar ou da chuva, para uso em serviços que não exijam água potável.