Coluna do Carleto – 29.03.2019

É PRECISO MUDAR
Os órgãos públicos não dão conta de recolher tantos detritos jogados pela população em lugares impróprios. Mas acabam de retirar um caminhão de móveis velhos, colchões, entulho e tudo mais, além de outras coisas despejadas nas ruas e praças pelo povo. Algo precisa ser feito para mudar radicalmente esse hábito. Mas, o quê fazer?

MODUS OPERANDI
A fiscalização esporádica, nos moldes como vem se repetindo ano após ano, já mostrou que não surte efeito. Outros métodos de trabalho precisam ser implantados pela Prefeitura e Proguaru. O primeiro passo é procurar entender por que tanta gente insiste em jogar resíduos nas vias públicas.

UMA EXPLICAÇÃO
Existindo tantos PEVs espalhados pela cidade, não se justifica esse comportamento da população. Mas algo explica: muitos só têm tempo para cuidar de suas casas e quintas nos fins de semana, quando os PEVs estão fechados. Outros, mais comodistas, preferem pagar alguns trocados para alguém com um carrinho de mão retirar o entulho de sua casa, sem se preocupar com onde isso será atirado. Está mais errado quem contrata, pois alimentam esse serviço nocivo.

TECNOLOGIA
É preciso que os órgãos públicos se valham de meios tecnológicos, como câmeras, a serem instaladas nas proximidades dos pontos viciados de despejo de detritos. Viaturas precisam circular fora do expediente diurno para flagrar infratores.

PALIATIVOS
Já sugeri que PEVs ficassem abertos, sem funcionários, nos fins de semana. Disseram-me que há pessoas que cometem vandalismo. Sugeri que uma caçamba seja posta perto da entrada, para que quem quiser possa ali colocar o material. Que eu saiba, isso ainda não foi tentado.

COLETA NOS BAIRROS
Uma atitude que poderia trazer bons resultados seria implantar coleta desse tipo de rejeito nos bairros, comunicando com antecedência as datas. A Imprensa irá colaborar, creio.

AINDA QUE TARDIO

Fachada do Sesc Guarulhos – Foto: Taba Benedicto

Foi anunciada para 11 de maio a inauguração da sede guarulhense do Sesc – Serviço Social do Comércio, na Vila Monteiro Lobato, entre Vila Fátima e o Parque Cecap. A entidade resgata uma dívida que tinha com a cidade, pois há muitas décadas arrecada parte das contribuições previdenciárias do comércio todos os meses e nunca havia dado nenhuma retribuição. Trata-se de uma grande conquista para Guarulhos passar a contar com um complexo que reunirá esporte, lazer e cultura.

COADJUVANTES
A vinda do Sesc para Guarulhos foi há muito tempo reivindicada pelo Sincomerciários – Sindicato dos Empregados no Comércio e também pela entidade patronal, Sincomércio. A ACE Guarulhos também deu seu empurrãozinho e a Prefeitura ajudou, cedendo a área para a construção.

THOMEOZÃO ASSUSTA MÃES

A marquise serve de abrigo a pessoas em situação de rua; mas não se sabe quem é ou não um perigo para os adolescentes

O estado de abandono em que se encontra o Ginásio Poliesportivo Thomeozão tem deixado impressionadas as mães que levam seus filhos para treinar no horário noturno. Sem licença do Corpo de Bombeiros, o gigante equipamento não tem sido palco de jogos com plateia, nem shows, como antigamente. O entorno do espaço que recebeu artistas como Roberto Carlos, Elba Ramalho, Xuxa e Mamonas Assassinas tem sido ocupado por traficantes, usuários de drogas e desocupados. A escuridão assusta as mães. Para os treinos, a entrada é pelos fundos do ginásio. A Administração Municipal tem o dever de devolver com urgência esse importante local para uso pleno da população, com segurança e conforto.

DANDO UM TEMPO


Neste ano, ainda não havíamos lançado edições da Weekend. Esperamos uma reação positiva do mercado para que possamos produzir novas edições em breve. Na virada de abril para maio, planejamos lançar uma edição voltada ao Dia das Mães. Enquanto isso, nosso foco tem sido o portal Click Guarulhos, que vem conquistando novos seguidores a cada dia e prestando serviços à população. Agradecemos a todos pela compreensão e aos anunciantes que tornaram possível imprimir esta edição.

WHATSAPP DO CLICK
O Click Guarulhos mantém o WhatsApp 98849-7425, para o qual os internautas podem enviar críticas e sugestões, com fotos e vídeos. Os assuntos são enviados com pedido de resposta aos órgãos responsáveis.