Transição

O presidente do PSD e prefeiturável Martello rompeu com algumas pessoas que o estavam assessorando. Assim um empresário, fã desde criança (ou Nenê?) do prefeiturável Eli Correa Filho (DEM), está articulando os passes deles…

Meio devagar

Basta reparar: na região central, as praças públicas, antigamente cobiçadas para adoção por empresas, estão órfãs. Imaginem então na periferia. Parece que está faltando empenho da Secretaria de Meio Exped.., Quer dizer, Ambiente (SEMA)!…

Lixo!

Outra questão, envolvendo a SEMA, a Secretaria de Serviços Públicos e a Proguaru, é a proliferação de pontos clandestinos de desova de entulho. Guarulhos está perdendo feio a guerra da conscientização da população…

Empata jogo

Pessoas do grupo político do secretário Moacir Souza (Educação) dão a entender que estão mais focadas em impedir a candidatura a prefeito (pelo PT) do deputado estadual Alencar. Eis a chance para o ex-prefeito Pietá surfar nessa onda interna..

Xadrez político

Enquanto isso, interlocutores de Alencar fazem questão de apostar (ou plantar?) que Janete Pietá será candidata a vereadora “De qualquer jeito”. Para queimar o marido com os candidatos a vereador do PT, claro. Arrisco dizer: se Pietá não for candidato a prefeito, aí sim ela será à vereança…

Reprodução: Jornal Guarulhos Hoje

Esmeraldas

Bem discretamente, o ex-prefeito Jovino Cândido vem se reunindo com possíveis candidatos a vereador pelo PV. Os verdes apostam que, no pior cenário, farão – no mínimo – duas das futuras 37 cadeiras da Câmara…

Brava!

O nome de Loredana Piovani Glasser, presidente da ASEC (Associação dos Empresários de Cumbica), foi cogitado para  vice do  prefeiturável Guti (PSB). Ela talvez se filiando ao PPS. Mas Loredana, de ascendência italiana,  descarta a ideia porque “Meu sangue é muito quente para política”…

Reminiscências…

Em 1988, o candidato a vice de Walter Luongo (PTB) era Edmílson Néri, do sindicato dos Metalúrgicos. À noite, depois dos comícios, os assessores de Luongo costumavam telefonar -aleatoriamente, para alguns bairros – para saber se o cidadão já havia definido seu voto. Eis que um dia atendeu alguém no Cecap que disse: “Olha, o vice do Luongo é meu vizinho de porta; mas não sei se vou votar nele ou não”…