Comprometimento e versatilidade fazem da Perfil Líder uma indústria de destaque

De “portões” abertos desde 2006, a Perfil Líder já é considerada uma das três maiores empresas do Brasil no que tange à produção de eletrocalhas, perfilados, eletrodutos e leitos para cabos. Atualmente está instalada na zona industrial de Guarulhos, numa área de 18 mil m², dispondo de um completo e moderno parque fabril, com capacidade para processar duas mil toneladas de aço por mês.

À frente do negócio está José Araújo Junior, que hoje também ocupa o posto de presidente da Asec (Associação dos Empresários de Cumbica) e detém títulos como o de “Industrial do Ano”, conquistado em 2016. Em 12 anos de existência, o crescimento da companhia é notório e, embora também tenha passado pela tempestade da crise, a companhia soube aliar oportunidades com competência.

“A Perfil Líder fornece todo o material de infraestrutura para fios e cabos elétricos; então, atendemos desde obras de médio e pequeno porte, como lojas dentro de shoppings, restaurantes, prédios residenciais e comerciais, etc, até obras de grande porte, como do metrô e CPTM, shoppings, hospitais, refinarias, indústrias, usinas e outras. Nosso portfólio é bastante amplo: fornecemos nossos produtos para oito estádios construídos para a Copa do Mundo, para a linha Jade da CPTM, ampliação do aeroporto, construção do Parque Shopping Maia e para obras de supermercados como Carrefour e Extra”, diz Júnior.

A Perfil Líder também foi a responsável pelo nascimento de outra marca, a Eletroferro, que hoje existe para atender engenharias, construtoras, instaladores elétricos e também o consumidor final. Vende toda a linha elétrica que a Perfil não vende, ou seja, a Perfil Líder fornece toda a linha de infraestrutura para instalações e a Eletroferro complementa fornecendo a parte elétrica, como luminárias, fios, cabos, disjuntores, quadros de comando, etc. “No início, atendíamos pequenos e médios instaladores, engenharias pequenas que retiravam com veículos pequenos e entregávamos em tempo recorde. Com o crescimento da empresa, perdemos essa agilidade de pronta entrega e consequentemente muitos desses negócios. Aí surgiu a ideia de montarmos um CD (centro de distribuição) mais próximo do Centro e das rodovias (Dutra e Fernão Dias). Nós colocamos uma quantidade enorme de itens de giro, como perfis, tubos e leitos para cabos. Ficamos assim durante dois anos, mas com o passar do tempo, vinham eletricistas no CD que retiravam esses produtos, mas também precisavam de fios e cabos e acabavam indo aos dois lugares. Esse público começou a nos pedir para ter tudo no CD. Foi quando surgiu a ideia de montar uma loja de matérias elétricos. A princípio tinha receio de colocar material elétrico e confrontar com meu cliente final, porque também vendo para lojistas. Para não ter esse confronto, surgiu a Eletroferro, que tem outro CNPJ. A Eletroferro hoje é um cliente da Perfil Líder”, explica Júnior.

Recentemente, a Perfil Líder teve seu parque fabril modernizado com a implementação de novas máquinas e equipamentos. “Ganhamos em produtividade, nossa logística interna melhorou muito”. E mesmo diante de um momento econômico delicado, as perspectivas da empresa são boas. “Nossa produção não aumentou como pensávamos que fosse aumentar. É um ano de Copa do Mundo, eleição e os investidores ficam com receio, porque ninguém sabe ainda quem vai assumir ou como será o próximo ano. Contudo, conseguimos equilibrar as contas e o crescimento de volume de peças produzidas deve ser em torno de 4 a 7 por cento. Nosso faturamento deve aumentar em torno de 12 a 15 por cento”, finaliza.