Concurso ‘Folha na Copa’ premiará a rua mais bonita de Guarulhos

Para contagiar a população no ritmo da Copa do Mundo, a “Folha Metropolitana”
lançou o concurso que vai premiar a rua mais enfeitada de Guarulhos.

Originalidade, criatividade, arte, estética, harmonia e conjunto são os quesitos para vencer. A iniciativa premiará a via mais bonita e enfeitada para o Mundial com uma revitalização completa da rua, feita em parceria com a Prefeitura de Guarulhos. Além disso, os moradores da rua campeã poderão assistir à final da Copa do Mundo, no dia 15 de julho, em um telão com carro de som, tudo isso acompanhado de 20 quilos de carne para festejar com um churrasco. A premiação contempla, ainda, uma placa de rua mais bonita da cidade.

Todas as ruas da cidade podem participar e concorrer ao prêmio. Muitas já se inscreveram. Os interessados devem acessar o site do jornal Folha Metropolitana (www.fmetropolitana.com.br) até segunda-feira, dia 18 de junho. Após o preenchimento da ficha de inscrição, deve-se anexar duas fotos da rua, sendo uma antes de receber a decoração e uma com a decoração completa. O regulamento também está disponível no site do jornal.

A divulgação do vencedor será exibida no site da Folha, no dia 14 de julho, bem como nas redes sociais (Facebook e Instagram) do jornal e aqui no Click Guarulhos.

Uma comissão organizadora escolherá as 10 melhores ruas entre as inscritas e que estiverem adequadas ao concurso e postará na página do Facebook da Folha Metropolitana. As cinco fotos com o maior número de curtidas serão submetidas novamente à comissão organizadora, que escolherá duas para serem novamente postadas na rede social do jornal.

Em seguida, entre essas duas o júri escolhido pela Folha Metropolitana definirá qual rua será a campeã.

Segundo o diretor comercial, Caê Mendroni, o objetivo do concurso é promover um evento democrático com total participação dos moradores, incentivando a prática da comunhão entre vizinhos, a decoração local, uma disputa saudável entre as ruas participantes além de contribuir para a difusão cultural e desenvolvimento da cidade. “Propomos, ainda, uma integração com toda sociedade, tornando-se assim um atrativo turístico para a época”, comentou.