Confluência de vias no Macedo requer colocação de obstáculos

O trânsito na confluência das avenidas Tiradentes e Vereador Antonio Grotkowsky, no Macedo, tem ficado complicado, principalmente no início das manhãs, porque várias correntes de tráfego passam pelo mesmo local, com diferentes destinos, incluindo muitas linhas de ônibus.

Ao mesmo tempo em que há coletivos que, após a parada na praça, seguem pela avenida Tiradentes, outros vão para a rua Claudino Barbosa. Para complicar, motoristas que descem a rua Leila Acras, vindo do Jardim Paraventi, desejam converter na avenida Tiradentes à esquerda, no sentido do Bom Clima. Muitos desses motoristas não respeitam as faixas pintadas no solo e atravessam na frente dos veículos que, vindo da avenida Vereador

Visando disciplinar o tráfego ali, e evitar os congestionamentos que têm sido habituais na avenida Tiradentes, sentido do Centro, uma viatura da Secretaria de Transporte e Mobilidade (antiga STT) ficou no local na quarta-feira, com dois agentes. Um deles, Marcus Scaramelli, posicionou-se sobre a faixa zebrada, para impedir que veículos desrespeitassem a sinalização. Mesmo assim, houve motoristas que tentaram passar pelo lado oposto, praticamente na contramão. Naquela manhã, o trânsito fluiu bem melhor.

Como nem sempre é possível haver uma viatura no local, a solução defendida pelos agentes de trânsito é a construção de uma ilha nessa confluência. No mínimo, algum obstáculo precisa ser colocado, como blocos de concreto ou pilares.