Contra o colesterol

Por Talita Ramos

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), doenças do coração ainda são uma das principais causas de morte no Brasil e no mundo. Para diminuir esse índice, vale investir nos cuidados com o colesterol, que se divide em dois tipos: o LDL, aquele que deposita gordura na parede das artérias, podendo entupir os vasos; e o HDL, que é o que transporta a gordura acumulada nas paredes das artérias para o fígado, para ser metabolizada. “O excesso de gorduras saturadas, originadas de uma dieta rica em alimentos gordurosos como carnes com capa de gordura e leite, por exemplo, precisa ser contido para que não contribua com o aumento do LDL, elevando o risco de desenvolver problemas cardiovasculares”, explica a nutricionista Christiane Vitola. Segundo ela, o controle do colesterol pode ocorrer por meio de uma alimentação rica em fibras e gorduras boas. Confira a tabela ao lado, com comentários da nutricionista, para saber quais alimentos podem ajudar na dieta.

Ajudam a Diminuir o colesterol “ruim” (LDL)

Aveia: o farelo de aveia é a opção com maior quantidade de fibras. Sempre que possível acrescente pelo menos duas colheres de sopa deste alimento no café da manhã.

Suco de uva: um copo do suco integral de uva já ajuda. Lembrando que o benefício é devido à presença dos flavonoides, que também podem ser encontrados no chá verde.

Creme vegetal com fitoesteróis: os fitoesteróis são compostos vegetais que atuam diminuindo a absorção do colesterol no intestino. O consumo recomendado é de 2 colheres de sopa por dia.

Açaí: contém antioxidantes naturais, fibras e vitaminas, sendo um ótimo aliado ao sistema cardiovascular.

Ajudam a Aumentar o colesterol “bom” (HDL)

Abacate: uma porção de abacate corresponde a aproximadamente 35g da fruta. Aposte nessa opção para ingerir mais gorduras “boas” na sua alimentação.

Castanhas e sementes: pertencentes ao grupo das oleaginosas, ricas em gorduras poli e mono insaturadas. Só tome cuidado com a quantidade que você vai consumir, pois são altamente calóricas. Duas unidades de castanha-do-Pará ou cinco de castanha de cajú.

Alimentos integrais: a recomendação de ingestão de fibras diária é de 25g. Fique atento se está consumindo a quantidade recomendada para obter seus benefícios.

Peixes: consuma ao menos duas refeições por semana para aproveitar os benefícios deste alimento.

Atenção ao consumo desses alimentos:

• Alimentos ricos em açúcar;
• Alimentos fritos;
• Carne vermelha;
• Alimentos com excesso
de gordura trans.