Coronel aviador Pontirolli é “Cidadão Benemérito” de Guarulhos

Na segunda-feira, 6, às vésperas de transmitir o comando da Base Aérea de São Paulo (que acontece nesta manhã de quinta-feira), o  coronel aviador Reginaldo Pontirolli recebeu da Câmara Municipal de Guarulhos o título de “Cidadão Benemérito”.

Quando se trata de alguém vindo de outro local e que mereça uma distinção pelos serviços prestados à cidade, o Legislativo concede o título de “Cidadão Guarulhense”. Porém, quando é uma pessoa nascida em Guarulhos, a outorga é de considerá-la benemérita, o que é o caso de Pontirolli, cuja família é há muito tempo radicada na cidade.

A iniciativa partiu do ex-vereador Edmilson Americano (PHS), por meio do projeto de Lei 698/2016, transformado no Decreto Legislativo 4/2016. A solenidade foi realizada na sala do presidente Eduardo Soltur (PSD), que destacou a importância do homenageado: “É uma pessoa simples, batalhadora, que tem ajudado muito o município onde nasceu. Ele merece este título”.

Participaram do evento os vereadores Acácio Portela (PP), Lauri (PSDB) e Sandra Gileno (PSL), o secretário municipal de Segurança Pública, Gilvan Passos; o secretário adjunto municipal de Esportes, Iltonjorge de Assis Roque, e o deputado estadual Gileno (PSL), além de representantes da Aeronáutica, parentes, colegas e amigos do homenageado, entre outros convidados.

Edmilson Americano justificou sua propositura: “O coronel Pontirolli prestou importantes serviços à comunidade guarulhense, abrindo as portas da Base Aérea à população, principalmente para os jovens conhecerem e eventualmente se interessarem pela carreira militar.Ele começou cedo, estudando muito, subindo de posto aos poucos e com mérito chegou a comandar uma Base Aérea tão importante como é a de São Paulo”, acrescentou.

Pontirolli, 47 anos, é casado e tem três filhos. Antes de chegar ao comando da Basp, foi 2º tenente da Aeronáutica, primeiro tenente, capitão, major e tenente-coronel. Além disso, ocupou os cargos de assistente de ministro do Superior Tribunal Militar; oficial do Corpo de Cadetes da Aeronáutica; assistente do vice-secretário de Economia e Finanças da Aeronáutica; e assessor militar da Aeronáutica da Presidência da República. “Comecei na carreira militar aos 15 anos, trabalhei em vários lugares do País e voltei há dois anos a Guarulhos para assumir a Base Aérea”, contou. “Este título é uma honra para mim, divido com minha família, colegas e amigos”, acrescentou o coronel aviador.

Após transferir o posto ao coronel aviador Kennedy Fernandes Ferreira, Pontirolli assumirá como adido aeronáutico na Itália.

Fotos: Vera Jursys e arquivo pessoal