O corpo de Kauã Gabriel Jesus Santos, criança de cerca de 1 ano e 6 meses, foi encontrado em estado de decomposição às margens de córrego no Jardim Hanna, na Estrada Velha do Bonsucesso. O menino havia sido raptado no bairro Cidade Soberana na manhã do dia 18 de julho. A informação foi confirmada por familiares que disseram que a mãe, Jakeline Jesus, reconheceu o filho pelo tênis que ele usava.

Na época em que foi divulgado o desaparecimento da criança, Jakeline contou que acompanhava o filho enquanto ele brincava com outras crianças em frente a casa de sua mãe, na Comunidade da Vitória. Kauã desapareceu depois que Jakeline teve de se ausentar por alguns minutos. Segundo uma testemunha ouvida pelos policiais, a suspeita de ter raptado Kauã é uma mulher negra, alta e com o cabelos enrolados. Vizinhos disseram que uma mulher estranha estava rondando o lugar desde a manhã daquela segunda. Infelizmente, a polícia não conseguiu fazer retrato falado por carência de detalhes.

Leia também: Laudo do IML pode dizer se menino foi assassinado ou caiu em córrego

Um cão da Guarda Civil Municipal chegou a levar os policiais por uma trilha até uma ponte de cimento e, a partir dali, o cão não farejou mais, indicando que Kauã tinha sido levado por algum meio de transporte. Esse foi o último avanço divulgado pela polícia.

Bebê é raptado no Soberana

Polícia diz ainda não ser possível fazer retrato falado de sequestradora

GCM coopera com polícia na busca por criança desaparecida há cinco dias