Cortaram a árvore em frente ao escritório do Xerife

Em 16 de março, o canal VC Repórter do Click Guarulhos postou que moradores das proximidades da avenida Tiradentes, imediações do Bom Clima, estavam temerosos de que uma árvore de grande porte, situada em frente ao escritório político do deputado estadual Jorge Wilson, conhecido como Xerife do Consumidor, viesse a ser sacrificada. (ver reprodução da foto publicada naquela data).

O temor era devido ao fato de ter sido colocado um novo painel na fachada do escritório, no qual a foto do político ficava exatamente atrás da árvore. Nos comentários, as pessoas disseram que ninguém colocaria uma placa com a própria fotografia escondida.

O que se temia de fato acabou acontecendo: na manhã desta sexta-feira, era possível ver que a árvore foi cortada bem rente ao solo, deixando totalmente à mostra a foto do deputado.

O Click Guarulhos enviou questionamento à Secretaria do Meio Ambiente, por intermédio da Assessoria de Imprensa, para saber se o corte da árvore foi autorizado. Em caso positivo, quais as justificativas para a autorização, já que o vegetal mostrava toda sua exuberância, sem nenhum sinal de que estivesse doente.

A Prefeitura respondeu. via Subsecretaria de Comunicação:

Em atenção à demanda, a SEMA informa que durante realização de poda de rebaixamento, verificou-se que a árvore, um Jacarandá Mimoso, estava com o interior corroído pela ação brocas (tipo de inseto), conforme mostram as imagens anexadas. A remoção foi a única opção para evitar queda e possíveis danos ao patrimônio e ao pedestres.


RESPOSTA DO DEPUTADO

A Assessoria do deputado também foi questionada, mas nada havia respondido até as 17h desta segunda-feira.
Às 17h23, o deputado entrou em contato por telefone e afirmou estar sendo vítima de uma injustiça.

Segundo ele, atendendo queixas de vizinhos, preocupados com o fato de a árvore estar atingindo os fios da rede elétrica, pediu em 2016 a poda da árvore. Ele propõe a apresentar os documentos correspondentes. Algum tempo depois, a EDP podou, porém de forma inadequada. Em 2017, ele entrou com novo pedido e na semana passada uma equipe da Secretaria do Meio Ambiente esteve fazendo a poda. E verificou que a árvore corria o risco de cair por estar afetada por brocas.

Jorge Wilson garante que não era seu interesse que a árvore fosse cortada e que jamais pediria isso. Em sua opinião, a árvore não atrapalhava a visão do painel de seu escritório.

Diante da minha argumentação de que a foto mostrava claramente que a árvore encobria o painel, ele respondeu que “o fotógrafo tira a foto pelo ângulo que interessa”.

Valdir Carleto

 

Moradores temem que árvore em frente a escritório político seja cortada