CPB assina parceria com Guarulhos para capacitação de professores municipais

Termo de cooperação visa qualificar 250 professores por meio do programa EaD do CPB - Foto: Divulgação

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e a Prefeitura de Guarulhos assinaram na sexta-feira, 7, um acordo de cooperação para a capacitação de profissionais de Educação Física. A qualificação dos professores da rede municipal de ensino ocorrerá na modalidade de ensino à distância (EaD), em projeto gratuito desenvolvido em conjunto com o Impulsiona, programa de educação do Instituto Península.

A solenidade aconteceu no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. O objetivo da parceria é capacitar 250 professores da rede municipal, por meio do curso EaD “Movimento Paralímpico – Fundamentos Básicos do Esporte”. As aulas totalizam 40 horas de conteúdo na AVA MEC, sistema do Ministério da Educação. Coordenado pela área de Educação Paralímpica do CPB, as aulas foram desenvolvidas na ferramenta on-line do Impulsiona, programa de educação do Instituto Península. As inscrições podem ser feitas aqui.

O evento contou com a presença do prefeito de Guarulhos, Gustavo Henric Costa (Guti), o secretário municipal de Esporte e Lazer, Rogério Hamam, o secretário de Educação, Paulo Cesar Matheus da Silva, o presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro, Mizael Conrado, e a vice-presidente do CPB Naíse Pedrosa.

Prefeito Guti assina o termo de parceria ao lado do presidente do CPB, Mizael Conrado – Foto: Divulgação

“Muito mais que um convênio, que oportunizará a capacitação de 250 professores a atenderem pessoas com deficiência na escola, hoje inauguramos um projeto de cidadania na cidade de Guarulhos. O esporte é uma das maiores ferramentas de inclusão para sociedade brasileira, mais ainda quando se trata do indivíduo com deficiência. Isso porque a inclusão é uma via de mão dupla, de um lado a pessoa com deficiência precisa estar preparada para se inserir na sociedade e no outro a sociedade precisa estar preparada para recebê-lo”, reforçou o presidente do CPB, Mizael Conrado.

O prefeito de Guarulhos destacou a importância deste convênio. “Não tenho dúvida que esta parceria será uma mudança de paradigmas para a cidade, no esporte e na educação. Com a assinatura deste convênio e capacitação na cidade que será promovida, Guarulhos ficará habilitada a sediar o Festival Paralímpico, em setembro”, disse Guti.

“Esta parceria é de suma importância para o desenvolvimento do esporte paralímpico em Guarulhos e com um amplo quadro de professores capacitados, teremos a oportunidade de ser referência no assunto”, reafirmou o Secretário de Esporte e Lazer, Rogério Hamam.

Neste ano, a Prefeitura de Uberlândia (MG) e o governo do Paraná também assinaram o termo de cooperação com o CPB. O CPB tem como meta capacitar até 100 mil profissionais em esportes adaptados até 2025, como definido em seu Planejamento Estratégico. O curso EaD foi lançado no fim fevereiro e no mês de maio alcançou a marca de 2 mil formados. Quatro módulos estão disponíveis: o primeiro trata da história do esporte paralímpico e sua estrutura, o segundo aborda as deficiências elegíveis, enquanto o terceiro fala sobre aspectos gerais da classificação esportiva. Por fim, o último módulo demonstra como o esporte paralímpico pode ser introduzido na escola.