Cristiano Araújo e o cinto de segurança

Hoje pela manhã, 24, o Brasil foi surpreendido com a morte do cantor sertanejo, Cristiano Araújo, e de sua namorada, Allana Moraes, em acidente de carro na rodovia Transbrasiliana (BR-153), entre os municípios de Goiatuba e Morrinhos, em Goiás. O segurança que dirigia o veículo e o empresário do sertanejo tiveram ferimentos leves.

Evidências encontradas pela Polícia Rodoviária Federal, que investiga o caso, apontam que o casal estava no banco detrás e não usava cinto de segurança. O carro sofreu danos consideráveis na parte da frente – onde estava o segurança e motorista – na traseira do veículo, os estragos foram muito menores. A Rand Rover que o cantor estava contava com um jogo de oito airbargs.img_qual_e_a_importancia_de_usar_o_cinto_de_seguranca_4880_300

Metade da população brasileira não usa o cinto de segurança no banco de passageiro – isso é comprovado em pesquisa pelo IBGE que aponta que 49% das pessoas não utilizam o equipamento de retenção (79% usam cinto de segurança no banco da frente).

Fato é: o uso do cinto de segurança pode evitar muitas mortes. Em um estudo feito pela Artesp, entre 2012 e 2014, mostra que aproximadamente 70% dos passageiros do branco detrás que morreram em acidentes nas rodovias do Estado de São Paulo estavam sem o cinto de segurança.

Portanto, não deixe de utilizar esse equipamento de segurança, ele será essencial para sua vida.