Cuidado: STT à espreita

O governo tem achado um modo de “arrecadar” dinheiro do povo sem muita dificuldade. Aproveitando-se da falta de atenção e imprudência do brasileiro, é normal que cada vez mais o investimento na tecnologia que ajuda no controle da fiscalização do trânsito aumente – radares são um exemplo suficiente disso.

Guarulhos não fica atrás, radares estão espalhados por toda a cidade, alguns até 20150820140926mesmo escondidos. Os guardas de trânsito de SP, os famosos amarelinhos, foram até mesmo instruídos para que “não fiquem visíveis” quando estiverem atuando, como mostrado pelo Click dias atrás… Pelo jeito, Guarulhos já operava assim há tempos.

A fiscalização é necessária, mas pelo visto transformou-se em uma máfia descontrolada de “arrecadações”

A rua Acre, travessa da Dr. Timóteo Penteado, foi recentemente alterada a mão; logo, é normal que alguns ainda confundam o sentido da via, principalmente quanto utilizam o posto de gasolina e após abastecerem entram na rua sem pre20150820140906star atenção na placa do sentido de direção no início da rua.

Nesta quarta-feira, 19, um guarda estava na mesma rua, às 22h da noite, aguardando de braços abertos para “canetar” quem entrava na rua sem se atentar para a mudança das placas. Detalhe: Não tinha nenhuma faixa ou alguma viso com maior alcance da visão mostrando para os distraídos a recente mudança.

Esse foi só um dos muitos locais que a STT coloca seus guardas para autuarem os mais “distraídos”.

Jônatas Ferreira