Denúncias à Procuradoria Especial da Mulher poderão ser feitas pela internet

A Procuradoria Especial da Mulher da Câmara de Guarulhos reuniu-se na tarde desta terça-feira, 4, com Ubiratan de Campos, diretor de Tecnologia da Informação da Casa para entender como deve funcionar o aplicativo elaborado especialmente para o público externo se comunicar com a Procuradoria.

No site da Câmara haverá um link direcionado a uma webpage, na qual o usuário poderá acessar o site da Procuradoria e fazer, por exemplo, uma denúncia”, disse Ubiratan Campos. Segundo ele, o aplicativo ainda não tem um nome definido. “Somente as vereadoras que integram a Procuradoria terão acesso”, acrescentou.

Segundo a Diretoria da Tecnologia da Informação, a equipe está empenhada para entregar o aplicativo nos próximos dias.