Dersa abre canal de denúncias para coibir práticas de corrupção

Ferramenta proporciona recurso para evitar e combater irregularidades de forma ágil e eficaz, garantindo o anonimato ao denunciante

A Secretaria Estadual de Logística e Transportes (SLT), por meio da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A), abre ao público nesta terça-feira, 12, um canal exclusivo para o envio de denúncias de práticas de corrupção, atos ilícitos, assédios e outras infrações ao Código de Conduta e Integridade da Companhia. Feito com o objetivo de proteger o patrimônio e reforçar a transparência do Governo do Estado, este instrumento proporcionará à Dersa um meio para diagnosticar e atuar de forma eficaz sobre eventuais vulnerabilidades.

É possível acompanhar a denúncia anonimamente com um número de protocolo no site, independentemente de seu resultado. O canal jamais identifica o número de IP (“Internet Protocol”) ou de linhas telefônicas que originaram os registros. Seu sistema digital é administrado pela empresa independente de assessoria, Iaux Brasil Assessoria Empresarial Ltda. Portanto, as informações do relato não podem ser alteradas ou apagadas, garantindo o recebimento e o encaminhamento da denúncia. 

Depois de enviada, a acusação será encaminhada ao Comitê de Ética da Dersa, o qual receberá e investigará a veracidade dos fatos. O último passo é enviar a medida proposta para a Diretoria Colegiada da empresa, que aplicará a punição.

Segundo a empresa, a novidade reforça o compromisso da nova gestão da Dersa, com uma política voltada totalmente para a ética corporativa pública e a qualidade do trabalho prestado à população. O Canal Íntegro está disponível, 24 horas por dia e sete dias por semana, no site ou pelo telefone 0800 878 09037, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h.

Para outros assuntos, como reclamações, sugestões e elogios, a Ouvidoria da Dersa está disponível no número 0800 7733 711, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.