Destinos bacanas por preços acessíveis

Por Tamiris Monteiro

Com a crise, desvalorização do real e a inflação nas alturas, o poder de compra dos brasileiros diminuiu significativamente e com isso torna-se bem mais difícil viajar para destinos antes considerados tradicionais, como: Estados Unidos, Inglaterra, Espanha, Itália e outros. Para se ter ideia, de acordo com pesquisa feita pelo  Instituto de Pesquisas, Estudos e Capacitação em Turismo (Ipeturis), até junho, o cenário econômico afetou negativamente as vendas de 82,1% das empresas que atuam no ramo de agenciamento turístico no Brasil. Contudo, para os que querem economizar, mas não abrem mão de uns dias de descanso, existem opções de viagens aéreas, terrestres e marítimas mais econômicas para aproveitar as férias de janeiro.

Pé na estrada

Barra do Sahy

Quem quer curtir uma praia, mas não está disposto a gastar muito ou ir longe, pode programar-se para conhecer a praia Barra do Sahy, situada no Litoral Norte de São Paulo, em São Sebastião. De mar calmo, águas claras e areia, o lugar é frequentado por muitas famílias – diferente da badalação que acontece nas praias vizinhas –, e possui uma caprichosa culinária regional. Também é possível fazer passeios de caiaque, stand up paddle ou de barquinho até as ilhas próximas. Há barracas na praia e o centrinho oferece ótimas opções de restaurantes e pousadas. Barra do Sahy fica na altura do quilômetro 172 da rodovia BR 101, a Rio-Santos.

Poços de Caldas

Localizada a 280 quilômetros de São Paulo, Poços de Caldas oferece um turismo barato e com opções para todas as idades. Com mais de 50 hotéis, a cidade tem alternativas de hospedagem para diferentes gostos e bolsos. Entre os passeios mais tradicionais estão o Cristo Redentor – com a subida de teleférico –, Pedra Balão, Véu das Noivas, Recanto Japonês e a Fonte dos Amores. Para os mais aventureiros, o voo livre também é uma das principais práticas locais. Quem não quiser ir de carro, na CVC do Poli Shopping, para janeiro, a viagem com transporte rodoviário em ônibus de turismo, incluindo duas diárias em apartamento duplo com direito a café da manhã, sai em média R$ 480 por pessoa.

Rio de Janeiro

Roteiro clássico, mas bastante procurado, o Rio de Janeiro é outra opção para quem quer curtir uma boa viagem sem gastar muito. Com vários pontos turísticos, como o Cristo Redentor, Pão de Açúcar e Pedra da Gávea, os turistas também podem desfrutar de passeios diferentes na Baía de Guanabara, Aterro do Flamengo, nas praias de Copacabana e Ipanema, Lagoa Rodrigo de Freitas e em bairros boêmios como Lapa, Botafogo e Leblon. Nem sempre os hotéis têm preços camaradas, principalmente os que ficam próximos à orla, mas com uma boa pesquisa é possível encontrar lugares com preços bem acessíveis, como, por exemplo, hostels. Pela CVC, Rio de Janeiro com Petrópolis, por três dias, incluindo transporte rodoviário, hospedagem em hotel com direito a café da manhã, custa pouco mais de R$ 500.

De avião

Aéreo dentro do país

Camboriú

Segundo Nilton Ramos, gerente de vendas da CVC do Poli Shopping, Camboriú é outra boa alternativa para quem quer curtir as férias sem gastar tanto. O munícipio fica no Norte de Santa Catarina, a 85 quilômetros de Florianópolis, e abriga belas praias. Por lá também é possível praticar esportes radicais e curtir a vida noturna local, que é bastante agitada. As praias mais conhecidas e visitadas são: Estaleirinho, Estaleiro, Pinho, Taquaras, Taquarinhas e Laranjeiras, que são ligadas por uma única estrada, facilitando a locomoção. O período do ano com a temperatura mais elevada vai de novembro a março. Um pacote de quatro dias pode sair, em média, R$ 1 mil, com transporte aéreo ida e volta, hospedagem em hotel com café da manhã, traslado e city tour inclusos.

Aéreo para o exterior

Bolívia

Em uma recente matéria publicada no site “Catraca Livre”, a Bolívia foi apontada como um dos destinos turísticos mais baratos da América do Sul, considerando hospedagem, alimentação e transporte. Embora as despesas diárias fiquem em torno de US$ 25 por pessoa, é preciso ter boa disposição física para visitar o lugar, isso porque o país encontra-se a 3.600 metros acima do nível do mar e a maioria dos passeios tem viagens longas pela estrada. As principais atrações da Bolívia são a montanha Illimani, o sítio arqueológico Tiwanaku, o Mercado de Las Brujas, o Museu da Coca, as cidades coloniais como Potosí, cujo centro histórico é um Patrimônio Histórico da Humanidade e a viagem por terra entre o Salar do Uyuni e o deserto do Atacama.

Viagem marítima

Rio de Janeiro e Búzios

Viajar de navio pode ser uma boa opção para quem deseja economizar, isso porque a maioria dos cruzeiros oferece pacotes que já incluem refeições e bebidas. Outra vantagem é que os cruzeiros buscam explorar os lugares mais bonitos por onde passa. Afora as paradas estratégicas, há atividades dentro do navio praticamente o dia inteiro. Para janeiro, um mini cruzeiro de quatro dias com paradas no Rio de Janeiro e Búzios custa em média R$ 1.800 sem as taxas portuárias.
Porto Belo e Angra dos Reis
Porto Belo fica em Santa Catarina e costuma agradar bastante os turistas. O lugar formado por praias de águas calmas e cristalinas é considerado um porto natural, ancoradouro de grandes navios. A principal atração do município é a Ilha João da Cunha, também conhecida como Ilha de Porto Belo. Já Búzios, no Rio de Janeiro, é um balneário composto por mais de 20 ilhas e chama atenção pelas belezas naturais. A cidade também é famosa pela noite badalada, que começa na rua das Pedras e se estende até a Orla Bardot, ambas com restaurantes, bares e shows. Uma viagem de cinco dias com as refeições inclusas pode sair na faixa de R$ 1.300.

Dica da redação

De ônibus até Lins

Quem pretende pegar a estrada, mas não quer colocar o carro para rodar, fazer uma viagem de ônibus até Lins é uma dica do diretor de redação ca RG, Valdir Carleto. O percurso dura em média seis horas. “Eu e minha família nos hospedamos, com tudo incluído, no Blue Tree Park e foi uma ótima experiência: são oferecidas diversas atividades ao longo do dia e as refeições são ótimas”, conta. O parque aquático tem 2.800 m2 de piscinas de águas termais, correntes naturais e minerais, cercado por muito verde. No período de férias, há pacote com diárias a partir de R$ 877 para casal incluindo duas crianças de até 11 anos.
Outra dica é o Broa Golf Resort, em Itirapina, região de São Carlos (SP). “As acomodações são simples, mas a comida é bem variada e o lugar é bom para descansar, só contemplar ou praticar esportes radicais”, conclui.