Dicas para tornar-se mais criativo

Concept of creative mind with colorful effect

A inspiração e a criatividade são duas ferramentas cada vez mais importantes para nos destacarmos no trabalho e contribuirmos de maneira efetiva com a atividade que realizamos e para auxiliarmos os colegas.

Existem centenas de livros e teses que descrevem estratégias de como se tornar mais criativo, ter ‘insigths’ inovadores e mais inspiração para o trabalho.

Descreverei algumas estratégias que estes estudos apontam para o desenvolvimento do pensamento criativo.

Melhorar a concentração: em tempos de atenção fragmentada por constantes interrupções conseguir manter a atenção e o foco naquilo que está se realizando torna o trabalho mais rápido, com menor possibilidade de erros e muitas vezes, de mais qualidade. Realizar exercícios que desenvolvem a concentração, como a meditação, ajudam a diminuir a ansiedade, aumenta a paciência e estimulam a criatividade.

Exercer a curiosidade: descobrir novas ideias, novas visões de mundo e estratégias diferentes para resolução de problemas faz com que a pessoa absorva informações que de alguma maneira o cérebro irá processar e fazer novas combinações que utilizaremos em nosso trabalho e nossa vida diária.

Ser otimista e ter automotivação: uma visão positiva da vida e a crença nas próprias qualidades faz com que a pessoa além de acreditar em si mesma tenha mais flexibilidade para tentar novas maneiras de pensar e mais resiliência para enfrentar as dificuldades.

Aprender sempre: não parar de aprender é um dos segredos apontados por pessoas brilhantes e vitoriosas em diversos setores. Mais do que o interesse em continuar os estudos formais a dica aqui vale, principalmente, sobre manter-se bem informado e atualizado em relação aos assuntos que interessam a pessoa e que tem relação com o seu trabalho.

Desafiar-se: um dos maiores “venenos” para a criatividade é o comodismo, a preguiça em aprender e a sensação de que já se aprendeu tudo que era necessário. Para desenvolver a criatividade é preciso procurar questionar periodicamente os seus conhecimentos. Isto requer admitir que tudo se transforma ao longo do tempo. Portanto, a dica é aceite as novas ideias, proponha-se a fazer coisas diferentes, desafie o seu cérebro a pensar de formas diferentes.

Questionar: esta dica é uma consequência da anterior. Para enxergar novas respostas e encontrar novas soluções é preciso fazer perguntas diferentes, fazer novas combinações de ideias, questionar o “por que” daquilo que parece já determinado.

Tornar-se uma pessoa mais criativa é um exercício diário no qual cada pessoa pode desenvolver ou adaptar suas próprias estratégias, mais importante do que o caminho que a pessoa escolha é a determinação em “pensar fora da caixa”, em querer encontrar novas maneiras de se enxergar este novo mundo que está apenas começando.

Pense nisto e bom trabalho!

Prof. Luciano Leite

psicólogo, palestrante e consultor de carreira

luciano.leite@bol.com.br