Don’t “let it go”: PF apreende cocaína em livro de Frozen no Aeroporto de Guarulhos

A Polícia Federal (PF) no Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP) prendeu, em ações distintas nesta quarta-feira (15), 10 passageiros de voos internacionais com drogas nas bagagens. Com três mulheres, duas brasileiras e uma venezuelana, foram apreendidos quase 6 Kg de cocaína, encontrados pelos policiais durante a revista, ocultos dentro de um livro infantil da personagem Frozen e de três pastas executivas.

Dois homens, um de Serra Leoa e outro da Nigéria, que ingressaram no país beneficiado pela Lei do Refúgio, ocultavam, dentro de três pastas executivas e nove latas de doces, mais de 11 Kg do entorpecentes.

Quase 30 Kg da droga foram apreendidos com passageiros que embarcariam em voo com destino a Zurique, na Suíça, com escala em Lisboa, Portugal. Policiais federais que fiscalizavam as bagagens despachadas pelos passageiros, com o auxílio do raio-x, separaram três grandes malas pretas que apresentavam conteúdo incomum.

Após a realização de diligências, as proprietárias das malas foram localizadas junto ao portão de embarque, duas mulheres, que acompanhavam uma criança. Elas foram conduzidas à sede policial, onde foram realizados os exames periciais que identificaram quase 23 Kg de cocaína oculta em fundos falsos e dentro de embalagens adulteradas de diversos produtos cosméticos.

As mulheres, de 28 e 25 anos de idade, naturais no Paraná, receberam voz de prisão por tráfico internacional de drogas e a criança (de 6 anos de idade) foi entregue ao conselho tutelar.

Momentos após esta prisão, outra equipe de policiais suspeitou de um casal que aparentava nervosismo na fila do check-in deste mesmo voo. Eles foram entrevistados separadamente e as informações que prestaram eram muito divergentes. Os suspeitos, ambos brasileiros, nascidos em Roraima, ele com 30 e ela com 28 anos, foram conduzidos a uma sala reservada para passarem por busca pessoal e revista das bagagens.

Os policiais desconfiaram do peso das malas vazias e fizeram um pequeno furo de onde verteu um pó com características de cocaína. Os suspeitos, conduzidos à delegacia, receberam voz de prisão após os peritos federais identificarem a substância suspeita, pesando pouco mais de 5 Kg, encontrada em fundos falsos de duas malas.

Em outra ação, realizada por servidores da Receita Federal que fiscalizavam os passageiros de voo proveniente de Lisboa, Portugal, foi presa uma brasileira de 28 anos, com 5 Kg de metanfetamina. A droga foi localizada em fundos falsos da mala da passageira. Já em voo com destino ao continente africano, outra equipe de policiais federais prendeu, em ações distintas, cinco passageiros. Os presos serão encaminhados a presídios estaduais, onde permanecerão à disposição da Justiça.