Espalha Fatos – 02/08

Tudo ou nada

Com a volta das sessões ordinárias na Câmara após o recesso de julho, os professores da rede municipal de ensino, que estão em greve desde a segunda-feira passada, prometem lotar hoje à tarde o prédio do Legislativo com o intuito de pressionar os atuais vereadores para que os ajudem a encontrar uma solução a respeito do descaso do prefeito petista Sebastião Almeida, que não quer pagar os débitos que a categoria tem direito.

Saia justa

Será interessante observar nesta terça-feira, a partir das 14h, o posicionamento dos vereadores petistas em relação a greve dos professores municipais, uma vez que na bancada do PT existem vários integrantes da categoria, além do próprio ex-secretário de Educação, que foi indicado no último sábado como pré-candidato a vice prefeito na chapa majoritária da sigla. Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come!

Segredo?

O vereador Heleno Metalúrgico (PDT) enviou à Prefeitura requerimento solicitando a lista dos 10 maiores devedores e credores do município. Em resposta, o Executivo alegou “sigilo” nas informações. Se a principal função de um parlamentar é a de fiscalizar as ações do prefeito, como puderam negar tais relatórios? Como saber se Almeida está sendo omisso nas cobranças ou inadimplente com os fornecedores? Sem falar que a transparência na Administração Pública é obrigação e não favor. Um Mandado de Segurança deverá ser impetrado.

Tramitando

Em 30 de agosto encerra-se o prazo para apresentação de alterações ao projeto de lei nº 2080/2016, de autoria do vereador Eduardo Barreto (PCdoB), que acrescenta o artigo 68-A à Lei nº 6.793, de 28 de dezembro de 2010, para conceder isenção de 50% do IPTU relativo aos imóveis defronte aos quais não haja pavimentação asfáltica.

Pensamento distante

A desistência do deputado estadual petista, Auriel Brito, de concorrer à Prefeitura de Itaquaquecetuba nas próximas eleições para coordenar a campanha majoritária da Dra. Adriana (PSB), teria a ver diretamente com a suposta candidatura do atual prefeito de Guarulhos a deputado federal em 2018. De acordo com os itaquaquecetubanos, Auriel abriu mão da disputa em troca de posterior apoio à reeleição, numa dobrada com Sebastião Almeida (PT).

Alinhamentos

O ex-vereador Dr. Ricardo Rui (PPS) já anunciou que não irá disputar uma cadeira na Câmara Municipal este ano. Segundo ele, por motivos pessoais, está fora do pleito e irá apoiar o médico Dr. Altamir Vaz. Depois de muito diálogo, o PPS conseguiu acertar uma coligação com o PSB do prefeiturável Guti, também na proporcional.