Espalha Fatos – 19/01

Absolvidos

Ficou comprovado na sindicância que apurou possíveis irregularidades praticadas por GCM’s durante encontro do PSC ocorrido em maio do ano passado na Câmara Municipal, que os guardas municipais agiram dentro da lei, preservando a integridade dos presentes e o prédio público. Na oportunidade, manifestantes ligados ao PT e à Frente Brasil Popular promoveram um tremendo quebra-quebra nos arredores do Legislativo, devido a uma suposta visita à Guarulhos dos deputados federais Jair Bolsonaro e Marco Feliciano, fato que nem chegou a acontecer.

Benefícios

A Prefeitura confirmou acordo firmado com a Guarupass, Associação das Concessionárias de Transporte Urbano de Passageiros de Guarulhos e Região, que prevê a instalação de internet (wi-fi) em 20% da frota até maio deste ano. Além disso, pelo menos 30 ônibus começarão a utilizar imediatamente combustível renovável. Em relação às vendas do Bilhete Único, os postos de atendimento serão ampliados na cidade, sendo que ainda em 2017 será disponibilizado um aplicativo para celulares onde os usuários poderão efetuar as compras antecipadas das passagens.

Almeidinha paz e amor?

A saída do ex-prefeito Almeida do Partido dos Trabalhadores tem deixado muita gente com a pulga atrás da orelha. Ainda mais quando se ouve da boca do próprio ex-petista que a bancada do PT na Câmara tentou impedir o aumento da passagem de ônibus em Guarulhos só para inviabilizar o novo governo: “Não é porque perdemos a eleição que temos de jogar cascas de banana. Quem acha que uma oposição ao prefeito Guti deve começar antes dos 100 primeiros dias de gestão está desrespeitando os eleitores”, declarou.

Opinião

O PPS Guarulhos, após tomar conhecimento da saída do ex-prefeito Almeida do PT, publicou nas redes sociais uma nota bastante interessante. Leia na íntegra: “Numa atitude estratégica, Sebastião Almeida, que foi prefeito pelo PT durante 8 anos, superintendente do SAAE e deputado estadual, resolve se desligar do PT após o término do seu fracassado mandato. Uma atitude questionável já que é óbvio que o ex-prefeito tenta salvar o seu partido do enorme desgaste sofrido, o que dificultará a sobrevivência e a credibilidade política do Partido dos Trabalhadores. Após os inúmeros escândalos, principalmente, o Mensalão, o Petrolão, a Lava-Jato, além da situação absurda deixada nos cofres da cidade de Guarulhos, e a permanência de cerca de 2 mil comissionados, agora Almeida pede pra sair, no mínimo estranho, já que ele está fora mesmo. Uma atitude que comprova que o ex-prefeito tenta nitidamente salvar o PT politicamente para uma sobrevivência política”.(sic)