Estudantes criam app para diminuir filas para comer nos estádios de futebol

Hamburgueria da Arena Grêmio - Foto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação

Já está claro que o torcedor brasileiro é movido pela paixão pelo seu time. Ir a um estádio lotado em uma final de campeonato não tem preço, mas pode ser um desafio. A falta de estrutura nos bares dos estádios e também redes de internet que não suportam a quantidade de acessos estão entre os maiores problemas enfrentados. Pensando nisso, três gaúchos criaram o Rangoff, primeiro aplicativo de compra off-line e antecipada de refeições, com o objetivo de agilizar o tempo de espera nos bares dos locais esportivos.

Para o torcedor utilizar o app basta realizar login na plataforma e atualizar o cardápio dos bares antes de ir ao estádio. Quando estiver no local da partida o usuário poderá realizar seu pedido e pagamento sem precisar da rede de internet. Com a refeição escolhida, o aplicativo irá gerar um QR Code, que será registrado pelo leitor de código de barras do bar. A solução foi idealizada por Thales Santos, estudante da Universidade Federal do Rio Grande Do Sul (UFRGS), Lucas Arusiewicz, do Centro Universitário Ritter dos Reis, e Rodrigo Mello, da PUC-RS.

“Já iniciamos conversas com a direção de marketing do Grêmio para apresentar o Rangoff, que diminuirá de maneira considerável o tempo médio das filas” afirma Thales. O estudante ainda comenta que o aplicativo pode ser expandido para qualquer tipo de evento que haja um grande volume de usuários simultâneos, como shows e festivais.

Viagem ao Vale do Silício

O aplicativo concorre com outros dois projetos na categoria Smart Cities do Campus Mobile. Os vencedores do concurso serão premiados pelo Instituto NET Claro Embratel com uma viagem ao Vale do Silício, na Califórnia, Estados Unidos, para uma imersão nas principais empresas de tecnologia do mundo, como Google, Facebook, Twitter e até mesmo a Universidade de Stanford, para finalizarem os projetos. O resultado final, com a indicação dos vencedores, será divulgado no dia 6 de maio.

Na sétima edição, o Campus Mobile é um concurso de ideias e soluções para telefonia móvel do Instituto NET Claro Embratel, em parceria com a Associação do Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico (LSI-TEC/USP) e o apoio da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. O projeto incentiva a formação de talentos do ensino técnico e universitário para atuação no mercado de conteúdos e novos serviços de telefonia móvel.