Ex-secretário de Educação de Nova York defende fechar escolas

Joel Klein, que foi secretário de Educação de Nova York durante a gestão de Michael Bloomberg, defende, em entrevista à revista Exame desta quinzena, que escolas maiores sejam desmembradas em escolas menores. Ele fez isso lá e afirma ter obtido excelentes resultados:

“Escolhemos unidades grandes, em regiões mais pobres, como o Bronx, e que obtinham um desempenho muito ruim em diversos indicadores, sem nenhum sinal de progresso. Eram escolas violentas, com alunos que mal aprendiam a ler e escrever. Calculamos que seria mais fácil começar do zero. E foi”, afirma.

“Dividimos uma escola com 3 mil alunos em seis outras, com 500 alunos cada. E demos aos pais e estudantes a opção de escolher. A Fundação Bill & Melinda Gates se entusiasmou por esse processo quando fizeram uma avaliação nacional de programas para resgatar as piores escolas e viram que nossa estrategia era a que funcionava melhor. Com um número menor de alunos, a equipe consegue ter uma proximidade maior com alunos e também com os pais”, continua.