Festival de Samba e Pagode da Rádio Transcontinental FM tem grupos guarulhenses em destaque

Os grupos guarulhenses Novafeição, Rizzueto, Ballancetto, Yawê e o cantor solo Walmir de Oliveira são destaques no 1º Festival de Samba e Pagode da Rádio Transcontinental FM. Os participantes ficaram entre os 40 finalistas da fase pré-eliminatória, que contou com cerca de 20 mil inscritos.

O grupo Novafeição já é um dos classificados para a final, que será realizada no dia 5 de abril, às 19h, no Via Marques. Na quarta-feira (15), o guarulhense Walmir de Oliveira e o grupo Ballancetto participaram da 2ª etapa das eliminatórias para a final e no dia 29, será a vez dos grupos Rizzueto e Ywaê disputarem a classificatória.

Os 12 finalistas terão suas músicas gravadas com uma nova produção, realizada pelo Produtor Musical Pezinho, e farão parte do CD “coletânea” da Rádio Transcontinental. O grande vencedor terá uma música extra, gravada com a participação do Dodô, do Grupo Pixote.

 

Conheça os participantes de Guarulhos

O Grupo Novafeição tem 15 anos de existência e já abriu shows para diversos artistas renomados como: Zeca pagodinho, Fundo de quintal, Péricles, Belo, Xande de Pilates, Arlindo Cruz, Reinaldo, entre outros. No Festival da Transcontinental, o Novafeição participa com a música “Sou Favela”.

Walmir de Oliveira é o único cantor solo da cidade no festival. Está concorrendo com a música inédita “Viver em Função de te Amar”, samba romântico com composição e melodia do também guarulhense Flávio Sampaio. Está é a segunda vez que participa de festival da Transcontinental. Na primeira, virou sucesso no Novos Talentos do Samba e Pagode da rádio FM.

Grupo Ballancetto, formado por Ulisses Silva (percussão e voz), Thiaguinho Pikachu (cavaco e voz), Luizinho (violão e voz), Marcelinho (vocal), Thiagão Pandeiro e Nyno (percussão geral e voz) interpreta o melhor do samba raiz ou samba novo e aposta na música “Toda Saliente” para alcançar a tão sonhada classificação.

Com repertório variado, o Grupo Rizzueto, surgido em meados de 2003 e formado por Flávio Sampaio (vocalista), Ronaldo Sheller (cavaquinista) e os percussionistas Alessandro e Leandro, tenta a classificação com a música  “Mentirosa”.

Já o Yawê, formado em 1999 por um grupo de amigos inspirados na efervescência da época e apadrinhado pelos grupos Percepção e Fino Trato, teve as portas abertas em muitos espaços, como o Pilequinhos, Magnólia, Black Steel, Capitão Gancho, entre outros. Hoje, o Grupo conta com André (vocal), Wilker (surdo), Rubinho (percussão), Marcilio (tantazinho), Amaral (pandeiro) e Augusto (cavaquinho). Com projetos ambiciosos, participam do Festival da Transcontinental com a música “Minha Vibe é Batucar”.

Os grupos buscam o apoio dos guarulhenses para comparecerem nas etapas classificatórias e especialmente na final, na qual o grupo Novafeição já tem vaga garantida.
Mais informações aqui.

Serviço:

1º Festival de Samba e Pagode da Rádio Transcontinental. Via Marques. Avenida Marques de São Vicente, 1589 – Barra Funda
Data: 5 de abril
Horário: 19h
Entrada: 1 quilo de alimento não perecível.