Guarulhos recebe a 2ª edição do Festival Internacional de Teatro Comunitário Panamérica Utópica entre os dias 15 e 19 de novembro. Iniciativa que terá uma série de eventos de teatro gratuitos com grupos latino-americanos. Nesta edição, os espetáculos acontecem no Bosque Maia, Adamastor Centro, Pimentas, Vila Carmela e Jardim Ponte Alta.

Dentre as atividades que acontecem ao longo do Festival, a programação destaca encontro com coletivos teatrais, intercâmbio com grupos convidados, apresentações de obras teatrais, palestras, oficinas, rodas de conversa e laboratórios. O evento contará com participação de trupes latino-americanas como Cia Pimentardida, Circo Rodado, Wepa Circus, Coletivo Inominável, entre outras.

O Festival Internacional de Teatro Comunitário Panamérica Utópica é um projeto de formação de plateias e promoção de acesso democrático para o teatro por meio de mostras de espetáculos com apresentações de companhias nacionais e internacionais e um conjunto de palestras, rodas de conversa e oficinas sobre teatro comunitário.

Para o diretor de Cultura, Tiago Ortaet, a realização de nova edição do Festival Panamérica Utópica em Guarulhos representa um grande momento para a cidade: “Proporcionar intercâmbio entre culturas, artistas e produções da América Latina aos artistas guarulhenses, acolhendo esses artistas latinos em nossa cidade é sem dúvida uma rica experiência estética e cênica, principalmente pelas trocas simbólicas das peculiaridades de cada coletivo participante”, observa.

Serviço

II Festival Internacional de Teatro Comunitário Panamérica Utópica

Data: de 15 a 19 de novembro

QUINTA-FEIRA, DIA 15

Local: Bosque Maia (Av. Paulo Faccini, s/n.o Centro)

15h – Tutú y Yoyó – Tatuteatro (Uruguai)

16h – Mimo Selman (Chile)

Local: Teatro Padre Bento (R. Francisco Foot, 3 – Jd. Tranquilidade)

18h – Ubu Rei – Cia Pimentardida (Brasil)

20h- A Casa de Bernarda Alba – Coletivo Inominável (Brasil)

SEXTA-FEIRA, DIA 16

Local: Bosque Maia (Av. Paulo Faccini, s/n.o Centro)

14h – Wepa Circus (México)

15h – 77a sinfonia em si sustenido – Cia. Embarcação Sapo Azul e os Andantes do Tempo (Brasil)

Local: Salão de Artes do Adamastor Centro (Av. Monteiro Lobato, 734 – Macedo)

17h – Oficina de Teatro – Academia de Teatro DR&T (Brasil)

19h – La Maratón – Cia. Mal de Diógenes (Chile)

20h – Perdoa-me por amar – CETA (Brasil)

SÁBADO, DIA 17

Local: Teatro Adamastor Pimentas (Estrada do Caminho Velho, 333- Pimentas)

15h – Mimo Selman

16h – Tutú y Yoyó – Tatuteatro (Uruguai)

17h – 77a Sinfonia em si sustenido – Cia. Embarcação Sapo Azul e os Andantes do Tempo (Brasil)

18h – La Maratón – Cia. Mal de Diógenes (Chile)

20h – Rubro – Cia. Unó (Brasil)

21h – Perdoa-me por amar – CETA (Brasil)

DOMINGO, DIA 18

Local: Área de lazer da Vila Carmela (Rua Serra do Ouro – Vila Carmela II)

11h – Wepa Circus (México)

12h – Mimo Selman (Chile)

13h – Grupo musical Samba da Tenda (Brasil)

14h – 77a Sinfonia em si sustenido – Cia. Embarcação Sapo Azul e os Andantes do Tempo (Brasil)

15h – Tutú y Yoyó – Tatuteatro (Uruguai)

Local: Salão de Artes do Adamastor Centro (Av. Monteiro Lobato, 734 – Macedo)

18h – La Maratón – Cia. Mal de Diógenes (Chile)

20h – Terapia: comedia en tres sesiones y un diagnóstico – Cia. PRIBE (México)

SEGUNDA-FEIRA, DIA 19

Local: Teatro Padre Bento (R. Francisco Foot, 3 – Jd. Tranquilidade)

13h – Mimo Selman (Chile)

14h- O Gari – Tropo Opo (Brasil)

15h – Wepa Circus (México)

16h – Tutú y Yoyó – Tatuteatro (Uruguai)

18h – Reprises Pareadas – Circo rodado (Brasil)

19h – AQUAM: sueño de unos seres de barro – Cia. Tablas Mojadas ( Peru)

20h – Terapia: comedia en tres sesiones y un diagnóstico – Cia. PRIBE (México)