Por Cris Marques
Fotos: Banco de imagens
e divulgação

Fazer um exercício físico e cuidar do corpo e da alimentação são quesitos mais do que necessários para quem está preocupado com qualidade de vida e saúde, mas nem todos têm tempo, dinheiro e/ou disposição para frequentar uma academia. A boa notícia é que existem outras opções para manter esse “estilo fitness”, como os parques da cidade, com seus aparelhos e pistas de caminhada e corrida, e até vídeos na internet com aulas que ajudam a queimar aquelas calorias a mais, sem nem sair da sala de casa.

No caso dos treinos on-line, em uma rápida busca pela rede é possível encontrar uma infinidade de modalidades diferentes, de zumba a aulas de ioga, passando por treinos funcionais, musculação e Hiit (High Intensity Interval Training, treinamento intervalado de alta intensidade, em inglês); e tem para todos os públicos, para quem está começando ou já pratica faz tempo, e com ou sem objetos auxiliares, que podem ser pesos e caneleiras ou até uma cadeira, um cabo de vassoura ou um simples pano.

Para Gislaine Zaramella (foto menor), co-CEO e diretora de marketing na Treinei, startup que viabiliza fazer exercícios com orientação de professores, via webcam, on-line e ao vivo por meio de um serviço de assinatura, a maior vantagem dessa vertente é a praticidade. “O dia a dia das pessoas é muito corrido, o que dificulta muito manter uma rotina regular de exercícios. Com as aulas, é possível fazer todo o processo em menos de uma hora, se preparar, malhar, tomar banho e fazer um lanchinho antes de voltar para as atividades. Poder acordar às 6h45 para a aula que começa às 7h quase não tem preço”. Ela ainda conta que, por vezes, o ambiente da academia pode ser um pouco desconfortável para algumas pessoas e que, ao fazer um exercício apenas com o peso do corpo, a pessoa percebe que não precisa de muito para manter uma vida mais saudável, minimizando assim as desculpas que levam ao sedentarismo.

Mas, com tantas facilidades, vale o alerta: nem todo tipo de exercício físico é indicado para qualquer pessoa. Então, além de respeitar restrições de saúde, capacidade e limites próprios, ter o aval de um médico deve ser sempre o primeiro passo. Isso sem contar o cuidado de buscar links com pessoas que sejam da área e realmente entendam o que estão fazendo, além de seguir todas as instruções para fazer da forma correta os movimentos sugeridos.

Em tempo real e com acompanhamento

Com a ideologia “treine quando e onde quiser”, a Treinei surgiu para democratizar o acesso ao fitness fora do tradicional. Na plataforma, o aluno é acompanhado por um profissional que o incentiva e recomenda as melhores práticas para seu tipo de perfil; encontra refeições, que consideram restrições e preferências alimentares e pode treinar em qualquer lugar com aulas on-line, ao vivo e interativas. Basta conectar-se pelo celular, tablet (Android) ou computador, com webcam, e fazer os treinos com professores certificados, que não apenas conduzem o praticante, mas principalmente corrigem os movimentos em tempo real. “Esse é o nosso grande diferencial, unir a praticidade de malhar sem sair de casa, mas com a personalização e acompanhamento. Cada vez mais a internet e a tecnologia ajudam a facilitar nossas atividades do dia a dia, mas quando envolve nossa saúde é importante ter esse cuidado. Como é em tempo real, conseguimos motivar, orientar e corrigir o que está sendo feito, trazendo assim mais engajamento e resultado”, destaca Gislaine Zaramella.

Dá o play!

Confira canais de vídeos para começar o seu treino já:

  • Exercício em Casa  – com profissionais experientes e aulas de ginástica, aerohiit, localizada, funcional, alongamento, Hiit e ioga, o canal do Youtube é uma “academia” on-line completa;
  • Vinícius Possebon – nos vídeos, o personal trainer e coach, criador do Queima de 48 Horas, programa on-line de treinamento em casa por meio de assinatura, mostra alguns de seus treinos curtos para acelerar o metabolismo e com foco em partes específicas do corpo;
  • Cia. Daniel Saboya – canal do professor Daniel Saboya, com danças para queimar calorias e coreografias de músicas famosas para acompanhar e dançar por aí;
  • Blog da Mimis – rotina de exercícios da blogueira Michelle Franzoni, que emagreceu mais de 30 kg. Dá para fazer junto ou usar como inspiração para seu próximo treino;
  • Ginástica em casa com Lu Oliveira – série de vídeos dentro do canal da educadora física, com exercícios fáceis e que pedem acessórios simples.