Frente parlamentar em defesa dos nordestinos será lançada na Alesp

O deputado estadual Gileno Gomes promoverá na próxima quarta-feira, dia 2 de agosto, a partir das 19h, o lançamento da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Comunidade Nordestina do Estado de São Paulo. A atividade tem como objetivo debater as diversas situações que envolvem, principalmente, os nordestinos, entre elas a exploração de mão de obra, o trabalho escravo e o preconceito, além de abrir um canal de diálogo entre parlamentares e lideranças do segmento. Na data se comemora o Dia do Nordestino.

Nascido em Feira de Santana, na Bahia, e criado na Vila Moreira, em Guarulhos, desde os 15 dias de vida, o deputado lembra que a migração de nordestinos para a região Sudeste, em especial São Paulo, deu-se a partir da década de 1930 – durante a Era Vargas -, quando o número de migrantes nacionais superou o de migrantes europeus. “A população nordestina em São Paulo está estimada em oito milhões de habitantes, sendo que só em Guarulhos há 450 mil nordestinos, a maioria instalada na região do Pimentas”, informou.

O parlamentar ressaltou que a maioria dos nordestinos que veio para São Paulo fugia da seca e estava em busca de melhores condições de trabalho. “Eles tiveram importante participação no desenvolvimento econômico da região Sudeste, atuando efetivamente na produção de café e algodão, e no plantio da cana-de-açúcar. Os nordestinos também contribuíram para a construção de Brasília e para a diversidade cultural do país”.

A Capital paulista recebeu migrantes nordestinos de várias estados, entre eles Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Sergipe, Rio Grande do Norte e Piauí.

Gileno lamenta que constantemente ouve-se falar de trabalhadores, de origem nordestina, que com o sonho de crescer financeiramente, tornam-se vítimas do trabalho escravo, principalmente na área da construção civil. “Muitos são arregimentados na condição de ‘gatos’, ou seja, são trazidos para a Capital com a promessa de trabalho, mas acabam abandonados à própria sorte, sem registro em carteira e casa para morar. Muitos até passam fome”.

Organização

Com a decisão de lançar a Frente Parlamentar, o deputado homenageia simbolicamente duas personalidades: o político alagoano Teotônio Vilela, que dá nome ao auditório onde será realizado o evento; e o cantor e compositor Luiz Gonzaga, o “Rei do Baião”, porque a data do lançamento da Frente Parlamentar será exatamente no dia em que serão lembrados os 28 anos da morte do cantor, que ocorreu em 02 de agosto de 1989.

Para idealizar a Frente Parlamentar, o deputado contou com a colaboração da jornalista Francis Bezerra e do amigo Herbert Seabra. Ambos têm grande influência em temas ligados à população nordestina. Eles participaram ativamente na criação da Associação dos Nordestinos do Estado de São Paulo (Anesp); do Conselho Estadual de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Nordestina (Copane); e dos Conselhos Municipais de Participação da Comunidade Nordestina em São Paulo, Guarulhos e Itaquaquecetuba. Todas as entidades apoiam a iniciativa do deputado.

Leis Municipais

Há muito tempo o deputado Gileno tinha a intenção de debater e manter aberto um canal de diálogo com lideranças nordestinas. Por este motivo, desde que assumiu seu primeiro mandato como vereador, em 2005, ele sempre se posicionou favorável a projetos de lei ligados tema, entre eles:

  • Lei 6.182, de 02/10/2006, que cria o Conselho Municipal de Participação da Comunidade Nordestina;
  • Lei 6.469, de 16/12/2008, criação de evento cultural denominado Rua do Forró;
  • Lei 6.818, de 22/03/2011, dá o nome de Luiz Gonzaga ao teatro localizado na Ponte Alta;
  • Lei 6.928, de 06/10/2011, cria o Polo Cultural Nordestino.

Festa de São João Antecipado

Morador de Guarulhos há 49 anos e sem tempo de visitar Feira de Santana, sua terra natal, o parlamentar não se esquece das suas origens. Todos os anos ele participa da Festa de São João Antecipado, organizada por conterrâneos nascidos em Ibipitanga, cidade do centro-sul da Bahia. A festa acontece há oito anos e entre os participantes, a maioria é morador do bairro guarulhense Parque Continental I, II e II, outro grande reduto de nordestinos na cidade.

SERVIÇO:

Lançamento da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Comunidade Nordestina do Estado de São Paulo

Data: 02 de agosto (quarta-feira), às 19h

Local: Auditório Teotônio Vilela

Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo