GCM flagra indivíduo com entorpecentes em Cumbica

A Guarda Civil Municipal (GCM), por meio da Inspetoria de Patrulhamento Tático (ROMU), flagrou na manhã desta quarta (13), na avenida Irdi, em Cumbica, uma pessoa com 278 porções de maconha e 634 pinos de cocaína. O indivíduo foi conduzido ao Distrito Policial da região para registro da ocorrência.

Outro caso semelhante foi registrado nesta segunda-feira (11), quando agentes da ROMU flagraram dois indivíduos, um maior e um menor de idade, na prática de tráfico de entorpecentes. O flagrante aconteceu na rua Olho D’Água do Casado, no Parque Jurema, região do Pimentas. Os dois portavam 51 porções de maconha e 114 pinos de cocaína. Ambos foram encaminhados ao 4º Distrito Policial, onde foi registrado Boletim de Ocorrência de Tráfico de Entorpecentes. O indivíduo maior de idade ficou preso e o menor foi liberado sob responsabilidade de sua genitora.

Serviços: A Central de Atendimento da Guarda Civil Municipal atende 24 horas, todos os dias da semana, pelos telefones: 153 ou 2475-9444.

Dise prende traficante com 13,3 quilos de drogas

Policiais civis da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) de Guarulhos detiveram um ajudante de eletricista, de 41 anos, por tráfico de drogas, na tarde de quarta-feira, 13. A prisão aconteceu no imóvel do criminoso, localizada no bairro da Vila Maria, na zona norte de São Paulo. Com ele, foram apreendidos 13,3 quilos de entorpecentes.

Por meio de investigações, a equipe soube que o homem era responsável pela distribuição de drogas em diversos pontos da cidade de Guarulhos. Sendo assim, os agentes realizaram campana e conseguiram identificar o suspeito. O criminoso foi seguido pelos policiais até sua casa, onde foi preso e os entorpecentes encontrados.

Na ação, foram localizados 2,5 quilos de skunk e 10,8 quilos de maconha, além de quatro facas e duas balanças de precisão. Também foram apreendidos embalagens e suprimentos utilizados na fabricação e empacotamento dos drogas.

Todo o material foi encaminhado para perícia no Instituto de Criminalística.

O ajudante confessou o crime e foi preso em flagrante.