Gelinho: uma delícia de Verão

Por Cris Marques

A estação mais quente do ano ainda nem começou e dezembro já traz altas temperaturas nos termômetros. E com um clima desses é impossível não se render às sobremesas geladas, como sorvetes, milk shakes, mousses, smoothies ou até o gelinho. Pensando nisso, a Weekend reuniu dicas e receitas dessa última delícia para você colocar a mão na massa e se refrescar.

Não sabe o que é um gelinho? Bastante popular no País e com tantos nomes quanto sabores, ele é uma espécie de picolé artesanal dentro de saquinhos compridos, feito, normalmente, de suco de frutas, achocolatados e água de coco. Sua origem não tem uma data específica: o que se sabe é que a iguaria, nesse caso com sabor salgado, começou na Segunda Guerra Mundial, como fonte proteica dos marinheiros norte-americanos. Sobre seu nome, os paulistanos gelinho e geladinho – assim nomeados por causa da marca registrada do principal fabricante deste tipo de doce – são os mais conhecidos, seguidos pelo sacolé, do Rio de janeiro. Já em outros lugares, ele pode ser encontrado como jujú, dindin, dudu, duduzinho, flautinha, flau, chupe-chupe, sacolete, picolé-de-saco, refresco, brasinha e até laranjinha.

De acordo com Roberta Mendes Nifoci, nutricionista proprietária do Personal Cook Marmitas Saudáveis, facilidade e praticidade são os pontos fortes da delícia. “Basta ter à mão um liquidificador, uma jarra ou copo com bico, para facilitar na hora de porcionar [dividir, fazer porções], um funil e os saquinhos próprios para isso. Após escolher a receita e misturar os ingredientes é só colocar na embalagem. Aqui, a orientação é deixar dois dedos de espaço sem preencher, enrolar o saquinho para tirar o ar e dar o nó bem junto à mistura. Vá colocando em uma forma e, ao final, passe uma água para tirar os resíduos. Três horas na geladeira e já está pronto”, explica ela sobre a gostosura, que dura até 15 dias no freezer, mas, com certeza, será consumida antes disso.

marmitafit_ra-5Outras dicas da nutricionista dizem respeito ao sabor, já que a criatividade é que dita os ingredientes. “Existem opções para todos os paladares. Alguns, com certeza, são os queridinhos, como os de coco e chocolate. E dá até para variar com receitas lights e funcionais. Para os adultos, acrescentar bebida alcoólica também é uma opção”. Sobre o uso de água ou leite, Roberta afirma que depende dos ingredientes escolhidos. “Se for de manga, limão ou abacaxi, a melhor combinação é com água, que vai deixar o gosto da fruta bem acentuado; já opções como amendoim, coco ou morango, acabam ficando mais cremosas e saborosas com leite. Usar banana para conseguir um resultado mais cremoso também é uma boa ideia, já que a liga neutra, estabilizante utilizada em muitos alimentos processados para manter todos os ingredientes bem misturados, não é considerada muito saudável”, conclui.

Gelinho de chocolate
• 400 ml de creme de leite
• 350 g de doce de leite
• 6 colheres de sopa de chocolate em pó
Bata tudo no liquidificador e porcione.

Gelinho de iogurte e frutas vermelhas
• 200 g de morango
• 200 g de amora
• 1 litro de iogurte sem sabor
Pique e amasse as frutas, depois junte o iogurte e misture com uma colher. Agora basta colocar nos saquinhos.

Gelinho de leite em pó
• 1 caixinha de creme de leite
• 1 lata de leite condensado
• 1 lata de leite (a mesma medida do leite condensado)
• 4 colheres de sopa de leite em pó
Bata tudo no liquidificador e porcione.

Gelinho de Alexander (drinque)
• 1 lata de leite condensado
• 1 lata de licor de cacau (a mesma medida do leite condensado)
• 1 caixinha de creme de leite
• 4 colheres de sopa de chocolate em pó
• 1 pitada de canela
Bata tudo no liquidificador e porcione.

Gelinho de coco
• 150 g de coco fresco ralado
• 1 lata de leite condensado
• 1 litro de leite
Bata tudo no liquidificador e porcione.

Gelinho de manga
• 4 mangas maduras
• 1/2 litro de água
Bata tudo no liquidificador e porcione.