Gestão sustentável de resíduos sólidos é discutida em ciclo de palestras

Gestão Municipal Sustentável de Resíduos Sólidos foi debatida no Centro Universitário Eniac - Foto: Fabio Nunes Teixeira/PMG

Cerca de 70 pessoas participaram nesta quarta-feira, 3, do ciclo de palestras Gestão Municipal Sustentável de Resíduos Sólidos, realizado pela Prefeitura de Guarulhos no Centro Universitário Eniac. Viabilizado pela Divisão Técnica de Educação Ambiental da Secretaria de Serviços Públicos, o evento foi realizado em comemoração aos dois anos do Projeto Lixo Zero Guarulhos e contou com a presença de secretários, diretores e representantes de diversas cidades do estado de São Paulo, como Guararema, Francisco Morato, Biritiba Mirim, Mogi das Cruzes e Itaquaquecetuba, entre outras.

Para Edmilson Americano, secretário de Serviços Públicos de Guarulhos, o ciclo é um ótimo jeito de comemorar o aniversário do projeto. “Foram realizadas diversas atividades monitoradas, como cursos, oficinas, workshops, exposições em escolas, condomínios, entre outros locais. Nosso objetivo é sensibilizar as pessoas a se engajarem nessa causa. Buscamos deixar claro para a população que ela faz parte da solução para o problema da quantidade de lixo que é produzida nos dias de hoje e também do seu descarte irregular. O trabalho deve ser uma parceria entre munícipes e governo”, afirmou Americano.

O presidente do Instituto Lixo Zero Brasil, Rodrigo Sabatini, disse estar orgulhoso de ver que o tema está sendo levado para dentro de uma universidade. “Se estamos buscando construir um novo mundo, com menos lixo, aqui com certeza é o berçário disso, o local onde grandes ideias nascem. Daqui a dois anos teremos um novo engenheiro e um novo arquiteto que colocarão as ideias apresentadas aqui em prática nos seus projetos”, ressaltou Sabatini.

A assessora da presidência da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) e responsável pela palestra sobre logística reversa, Lia Helena Demange, comemorou a oportunidade de trazer conhecimento técnico para mais perto dos municípios. “A ideia é que seja um trabalho contínuo. Estamos sempre disponíveis para compartilhar esses conhecimentos em prol de uma cidade com maior desenvolvimento sustentável”, disse Demange.

As palestras

O evento foi iniciado com a palestra sobre logística reversa, ministrada por Lia Helena, que explicou sobre os acordos setoriais de logística reversa que cumprem a política nacional de resíduos sólidos, e como o órgão pode auxiliar as prefeituras na sua implementação.

Logo em seguida, a engenheira ambiental Raissa Silva de Carvalho Pereira apresentou o Sistema Estadual de Gerenciamento Online de Resíduos de Construção Civil (Sigor), disponibilizado pela Cetesb para as prefeituras e que auxilia no acompanhamento da quantidade, transporte e destinação dos resíduos.

Já Rodrigo Sabatini, do Instituto Lixo Zero Brasil, explicou os modelos e sistemas de cidades Lixo Zero que existem no mundo, usando como exemplo Florianópolis, a cidade brasileira com mais iniciativas sobre o tema e que a tornaram referência nacional. Rodrigo também lançou a campanha Plástico Social, projeto de educação ambiental que visa a estimular e a ensinar a população meios de separar e armazenar embalagens plásticas e realizar o encaminhamento para cooperativas de catadores, gerando trabalho e renda.

Para finalizar o dia de aprendizado, uma palestra sobre coleta seletiva, ministrada pelo engenheiro químico e funcionário da Cetesb, Fernando Wolmer, orientou as prefeituras sobre formas de implantar a coleta seletiva, desde fontes de financiamento,gerenciamento do transporte dos recicláveis, centrais de triagem, tipos de coletores e a importância da educação ambiental.

*Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Guarulhos