Pais das atletas de ginástica artística da treinadora Rosana Marques estão em busca de verbas para viabilizar a participação do grupo no World Gymnaestrada 2019, que ocorre há cada quatro anos e terá a cidade de Dornbirn, na Áustria, como sede desta edição. No entanto, a Confederação Brasileira de Ginástica cobra das atletas taxas para participação, além dos custos que irão ter de passagem aérea, traslado, alimentação e demais gastos da viagem.

Os pais calculam que somente o custo das passagem seja de R$ 209 mil para um grupo de 25 pessoas, sem contar com os acompanhantes. Rifas, brechós, venda de alimentos e almoços beneficentes foram promovidos para arrecadação, mas ainda não conseguiram chegar no valor pretendido. “O ponto é que nós país realizamos inúmeras ações em busca de verbas para custear este projeto e por mais empenho que estamos tendo, não está sendo suficiente para cobrir nem as taxas, que são quase R$ 4 mil. Estamos em busca de patrocínio coletivo ou apadrinhamento de atletas no auxílio dos pagamentos de taxas e passagens aéreas”.

Uma vaquinha virtual foi criada para receber doações de quem deseja apoiar o projeto. O acesso é https://www.vakinha.com.br/vaquinha/cia-rosana-marques-rumo-a-austria.

Cia Rosana Marques

Fundada em fevereiro de 2012, a Cia tem como objetivo difundir a prática aberta de ginástica artística à comunidade, sem fins lucrativos, integrando atletas, sem distinção de classe social, desenvolvendo nelas o senso de equipe e a garra, a fim de promover a cultura desse esporte em Guarulhos e divulgo-la ao mundo.

Atualmente desenvolve seu trabalho com cerca de 100 crianças e jovens, entre 5 e 18 anos, contando sempre com a colaboração de parceiros para concessão de espaço para treino das atletas. Hoje treinam na Academia Neo Fit, Clube Guapira e no Ginásio Bonifácio Cardoso.