Guarulhos perde o radialista Carlos Arnone, do Radar de Notícias

Faleceu na tarde deste domingo o radialista Antonio Carlos Arnone, vítima de complicações de um infarto sofrido há alguns dias, do qual parecia ter-se recuperado na semana passada.
Após ter ficado hospitalizado, voltou ao comando do programa “Radar de Notícias”, quando participou da entrevista do prefeito Guti (PSB).
Em 1990, quando o grupo Sanzone assumiu a então Rádio Líder, ele foi trazido de Mogi das Cruzes para apresentar o programa “Radar Noticioso”. Alguns dias depois, passou a ter a companhia do jornalista Pedro Notaro, que veio a ser seu sócio depois que a emissora deixou de operar em Guarulhos. Os dois adquiriram horário na Rádio Imprensa FM, das 7h às 8h das manhãs de terça a sexta-feira, e o “Radar de Notícias” notabilizou-se ao longo de todos esses anos como mídia obrigatória para os que gostam de acompanhar o noticiário político e de prestação de serviços da cidade.
Gradativamente, novas tecnologias foram sendo acrescentadas; o programa começou a ser transmitido simultaneamente pela TV Guarulhos, canal 3 da Net; depois, também pela internet e, mais recentemente, também em flashies pelo Facebook, ampliando a interatividade com o público.
Nascido em Santo Anastácio, cidade do interior paulista na região de Presidente Prudente, Arnone sempre fazia ilações de assuntos atuais e locais com situações vividas em sua terra natal, com um toque de ironia, humor e irreverência.
Além de radialista, atuou como policial civil e foi vereador em Mogi das Cruzes.
A notícia de seu passamento pegou de surpresa inúmeros amigos e admiradores que Carlos Arnone conquistou em todos esses anos de atuação na cidade. Os profissionais da comunicação local estão de luto, em especial os que com ele trabalhavam. A equipe do Click Guarulhos irmana-se a todos eles na solidariedade à família do colega.
Até o momento em que esta nota era redigida, não havia informações precisas sobre o velório e sepultamento.

Valdir Carleto