Guarulhos quer retirar água do Rio Jaguari

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Guarulhos aguarda um posicionamento do Departamento de Águas e Energia Elétrica (Daee) para começar a retirar água do Rio Jaguari, no limite com Santa Isabel. O Comitê das Bacias Hidrográficas do Rio Paraíba do Sul emitiu parecer favorável, mas alertou que, com a medida, “existe a possibilidade de esgotamento do manancial do Rio Jaguari”.

De acordo com o comitê, o Saae de Guarulhos solicitou ao Daee a outorga para a implantação de empreendimento para a utilização de 50% da vazão do Rio Jaguari, suficiente para abastecer 35 mil habitantes. O pedido foi feito em 2012, mas a análise da Câmara Técnica de Planejamento do comitê foi feita em reunião no dia 2 de junho de 2015. O parecer técnico divulgado no dia 19 de junho aprova o pedido com ressalvas.

Já o Daee informou que este é o segundo pedido feito pelo Saee de Guarulhos e que o primeiro foi negado. A nota do departamento informou que o novo pedido para captação de água no Rio Jaguari está em análise e necessita ainda de apresentação de documentos técnicos complementares.

Resposta do Saae

Com relação à matéria ‘Guarulhos quer retirar água do Rio Jaguari’, publicada em 11 de novembro, a Assessoria de Imprensa do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Guarulhos informa que, no caso do pedido de outorga para captação de água do Rio Jaguari, o Saae não está devendo nenhuma documentação ao órgão estadual; até o presente momento, o DAEE não solicitou nenhuma documentação ao Saae.